Notícias | - 12:14 pm


Você já trabalhou no piloto automático?2 min read

Veja como sair desse marasmo e retomar sua carreira.

Você já trabalhou no piloto automático?2 min read

A rotina é algo muito importante para a vida de todos. Mas se, por um lado, ela pode disciplinar condutas, por outro também permite que a vida se torne algo sem novidades nem descobertas. 

Tudo passa a ser igual, em uma sequência que se repete ao longo dos dias: o mesmo caminho para o trabalho, o mesmo cardápio no almoço, a mesma conversa com os colegas, etc. Nesse contexto, há quem perca totalmente a motivação profissional e execute suas tarefas apenas pelo fato de que elas precisam ser realizadas. É o chamado piloto automático. Essa condição, que afeta tanto chefes quanto subordinados, traz sérias consequências para a carreira de quem entra nesse “looping” de marasmo. 

INFLUÊNCIA DA ROTINA  

Para a escritora e palestrante Leila Navarro, especialista em medicina comportamental, a rotina contribui demais para esse processo. “Ela nos rouba o tempo, faz com que sejamos capazes de fazer tudo sem estarmos de fato presentes. Quem vive no piloto automático não saboreia a vida, passa por tudo de maneira insciente, sem exercer nossa principal capacidade como ser humano, que é estar presente de corpo, alma e coração.” 

Contudo, Leila explica que o piloto automático é necessário em nossa vida. “Ele nos permite lidar com as questões do nosso cotidiano de maneira que não entremos num esgotamento físico ou mental. Imagine se lembrar de absolutamente tudo o que você fez, viu, ouviu e pelo qual foi impactado? Nós entraríamos em colapso. Mas, quando uma atividade vira um hábito, nosso cérebro passa a nos poupar do desgaste de energia. Ele armazena esses hábitos na nossa memória por meio do nosso próprio repertório emocional e histórico de vida. É por isso que conseguimos chegar a um determinado lugar dirigindo e nem sequer nos lembrarmos do que vimos pelo caminho”, diz. 

POR QUE MUDAR?

Para Leila, quem quer fazer a diferença não tem como viver de forma automatizada. “Tem que ser autônomo, um desbravador de caminhos. A maior tarefa de um ser humano é ser líder de si mesmo. Isso sim é ser livre. A grande diferença entre chefes e líderes é que os líderes estão presentes de corpo e alma em tudo o que fazem. Eles não fazem por fazer, não falam por falar. Sabem a hora de agir e como agir e, quem está atento à vida, às transformações do mundo, está sintonizado com o presente”, analisa. 

CONGRESSO PARA O SUCESSO 

Se você está sem motivação e perdeu suas metas de vida, participe do Novo Congresso para o Sucesso, às segundas-feiras, na Universal. Os encontros oferecem orientações fundamentadas na Palavra de Deus para questões financeiras e profissionais. 

Você já trabalhou no  piloto automático?

Encontre uma Universal mais perto de você. 


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação  


reportar erro