Notícias | - 3:15 am


Universal abre as portas do seu primeiro templo na Geórgia3 min read

Saiba mais do trabalho da Igreja no Leste Europeu

Universal abre as portas do seu primeiro templo na Geórgia3 min read

“Fazer a Obra de Deus em qualquer lugar que seja sempre é um desafio, e na Geórgia não está sendo diferente, mas a fé sacrificial e a dependência de Deus nos dão a condição de seguirmos em frente sem olhar as dificuldades, pois a nossa visão e objetivo é alcançar as almas e levá-las à Salvação.” Apoiados nessas palavras, o pastor Idemilson Oracz e a esposa dele, Elisabete Oracz, iniciaram há 3 meses o trabalho da Universal no país do Leste Europeu.

“Chegamos à Geórgia nos meados de janeiro deste ano e começamos a fazer visitas em casas, mas ainda não tínhamos um local definido para juntarmos as pessoas”, lembra o pastor.

Apesar das dificuldades, a espera não foi demorada e, no dia 2 de abril último, foi inaugurado o primeiro templo da Universal naquele país. Cerca de 90 pessoas compareceram ao local em busca de um encontro com Deus.

Universal abre as portas do seu primeiro templo na GeórgiaUma delas é a psicóloga Kristina Manukian (na foto ao lado, com o esposo), de 38 anos, que afirmou estar muito feliz em poder participar da inauguração da igreja. “Antes de participar das reuniões na Universal, a minha vida era destruída e o meu casamento estava perto do fim. Por causa do estresse e sofrimento, a minha filha mais nova, ao nascer, teve complicações, houve um encurtamento de 2 centímetros (cm) no nervo da perna dela. Os médicos disseram que ela teria que operar e não deram garantia de cura. Foi quando passei a frequentar as reuniões da Universal. Ali aprendi a usar a fé, passei a ungir o local com óleo e orações foram feitas pelo pastor. Em um período de 10 dias, os 2 cm que faltavam cresceu e ela está totalmente curada. A relação com o meu marido foi restaurada e estamos muito felizes, principalmente por aprender a fazer uso da fé que transforma”, relata Kristina.

Fazendo a Obra de Deus

Universal abre as portas do seu primeiro templo na GeórgiaHá 28 anos servindo a Deus como pastor, Idemilson Oracz e a esposa (foto ao lado) já evangelizaram em Portugal, Rússia, Ucrânia, Letônia, Moldávia e atualmente estão na Geórgia.

“Fui enviado do Brasil para Portugal aos 19 anos, ali me casei e servimos por 7 anos. Em seguida, fomos enviados ao nosso maior desafio, a Rússia, onde cuidamos do trabalho por 5 anos. Era o início da Obra no país e as dificuldades foram muitas, entre elas a língua. A adaptação ao frio também não foi fácil. Lembro-me de que, enquanto não aprendíamos o idioma, fazíamos obras na igreja de forma a deixá-la agradável para recebermos as pessoas. Outra dificuldade que encontramos é que, como em todo o Leste Europeu, a antiga União Soviética durou por 70 anos, isso fez com que o povo não tivesse liberdade de expressão de fé, muitos se diziam ateus. Mas todas as dificuldades foram sendo ultrapassadas. Em seguida, fomos enviados para a Ucrânia, onde ficamos por 3 anos e meio. Depois, fomos para a Letônia, onde permanecemos por 2 anos, e mais 1 ano na Moldávia. Estamos há 12 anos pregando o Evangelho no Leste Europeu. Nos últimos 4 anos servimos em Portugal e agora de volta, com o desafio de iniciar o trabalho na Geórgia”, conta o pastor.

Universal abre as portas do seu primeiro templo na GeórgiaMesmo diante da discriminação e religiosidade, a Universal não para com o trabalho evangelístico.

“Para nós, servir a Deus nesses países foi e tem sido uma experiência que nos trouxe muito aprendizado. A oportunidade que o pastor tem de iniciar o trabalho da Igreja em um país muitas vezes é árdua, não é fácil e requer uma vida de sacrifício, renúncia e oração. Mas, quando a visão dele é o altar, ele supera toda e qualquer dificuldade por amor às almas.”

Compartilhe nas redes sociais.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Sabrina Marques / Fotos: Cedidas 


reportar erro