Notícias | - 3:05 am


Uma data dedicada aos idosos2 min read

Voluntários dos projetos í”mega e Calebe visitaram diversos asilos e casas de repouso no “Dia do Amor ao Próximo”

Uma data dedicada aos idosos2 min read

Uma data dedicada aos idososSe a transição da adolescência para a fase adulta tem os seus percalços, a passagem da fase adulta para a velhice também não é diferente.

Para muitas pessoas, a dificuldade começa justamente por ver que aquele corpo – que antes fervilhava vigor na juventude – começa a declinar quanto a sua força e caminha a passos largos para a velhice.

Alguns idosos sofrem ainda com o desprezo de seus entes queridos e a falta de acesso a tratamentos médicos adequados à sua idade.

A sociedade precisa tomar ciência disso e se preparar, pois segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil está envelhecendo. A porção dos brasileiros com mais de 60 anos tem aumentado a cada ano.

Diante dessa realidade, não são poucos os idosos que nem sequer dispõem de condições para continuar com as suas famílias. Com isso, as casas de repouso e asilos passam a ser o novo endereço desses senhores e senhoras.

Uma data dedicada aos idososCom o objetivo de colaborar com o bem-estar desses idosos, recentemente, integrantes do Projeto í”mega, do grupo Filhos Universal, realizaram, em parceria com o grupo Calebe, uma ação especial em diversos Estados do Brasil.

No “Dia do Amor ao Próximo”, como foi intitulada a ação, os voluntários visitaram diversos asilos e casas de repouso. Além de doação de kits de higiene, eles foram em cada quarto e em cada leito e conversaram e ouviram a história de vida de cada um e se emocionaram a cada relato.

Para Rayane Araújo, integrante do grupo Filhos Universal do Estado da Bahia, fazer esse tipo de trabalho é algo único. “Poder conversar com pessoas cheias de experiências não tem preço. Elas nos ensinam com cada palavra e cada gesto. Confesso que ir a esse lugar também tem o lado ruim, pois meu coração sempre fica apertado ao ver o quanto a sociedade rejeita aquele que cuidou com tanto carinho e amor de nós”, conta.

“Muitos dizem que amam, mas, ao passarmos aqui, vemos e entendemos que o amor real consiste em doar-se ao próximo sem esperar nada em troca”, destaca Francielle Almeida, do grupo Filhos Universal de Mato Grosso do Sul.

Grupo Calebe

Uma data dedicada aos idososA voluntária Ilka Almeida, integrante do grupo Calebe do Estado do Espírito Santo, sentiu-se realizada por contribuir com a ação. “No sorriso estampado em cada rosto e no abraço caloroso de despedida, temos a certeza de que cumprimos o mandamento divino de amor ao próximo. Sabendo que mais bem-aventurado é dar do que receber”, disse.

O bispo Danilo Sgambatti, responsável pelo grupo Calebe no Brasil, destaca que é importante que os jovens tenham essa experiência e conheçam a realidade de quem vive em um asilo.

(*) Com informações do grupo Filhos Universal


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Redação (*) / Fotos: Cedidas 


reportar erro