Notícias | - 12:39 pm


Trump x Biden: Debate final apresentou as visões diferentes para a nação4 min read

Trump x Biden: Debate final apresentou as visões diferentes para a nação4 min read

O presidente Donald Trump e o democrata Joe Biden apresentaram suas diferentes visões sobre como controlar e vencer a pandemia do novo coronavírus e outras questões importantes durante o debate de encerramento da campanha na noite da última quinta-feira, 22, em Nashiville.

Em um debate mais calmo do que o anterior em Ohio, ambos os candidatos destacaram suas abordagens imensamente diferentes para o mercado doméstico e desafios externos que a nação enfrenta.

O presidente declarou que o vírus, que matou mais de 1.000 americanos apenas na quinta-feira, “irá embora”. Biden rebateu que a nação caminhava para “um inverno sombrio”.

Faltando menos de duas semanas para a eleição, Trump disse repetidamente que não era um político, mas alguém que está no comando da nação e tem mais a contribuir do que o opositor. Biden, por sua vez, argumentou que Trump era um líder incompetente de um país que enfrenta múltiplas crises e tentou conectar o que ele via como falhas do presidente à vida cotidiana dos americanos, especialmente no que diz respeito à pandemia.

O presidente, que prometeu uma vacina dentro de semanas, disse que os piores problemas estão em estados com governadores democratas, uma disputa em desacordo com o aumento de casos em estados que votaram em Trump em 2016. Biden, por sua vez, prometeu que seu governo passaria a contar com os cientistas para a luta contra a pandemia e disse que a abordagem divisionista de Trump sobre os estados em sofrimento dificultou a resposta da nação.

Imigração, petróleo, justiça racial

E em uma campanha definida por terríveis ataques pessoais, a noite apresentou uma quantidade surpreendente de debates políticos substanciais de temas importantes como o meio ambiente, política externa, imigração e justiça racial.

A separação de 500 crianças imigrantes de seus pais, na fronteira sul do país, tornou o debate dramático. Biden a classificou como criminosa: “Isso nos torna motivo de chacota, viola todas as noções de quem somos como nação.” Trump assegurou que as crianças foram trazidas por coiotes e não pelos pais e que as jaulas para acomodá-las tinham sido construídas pelo governo Obama.

Quando Trump perguntou repetidamente a Biden se ele “encerraria a indústria do petróleo”, o porta-estandarte democrata disse que “faria a transição da indústria do petróleo, sim”, e que a substituiria por energia renovável “com o tempo”. Trump, fazendo um apelo direto aos eleitores em estados produtores de energia como o Texas e o campo de batalha vital da Pensilvânia, considerou o comentário “uma grande declaração”.

Enquanto o debate se estendia para as mudanças climáticas, Trump explicou sua decisão de retirar os EUA do acordo climático de Paris negociado em 2015, declarando que era um pacto injusto que teria custado ao país trilhões de dólares e prejudicado empresas.

Na corrida, Biden convocou as recusas anteriores de Trump de condenar os supremacistas brancos e seus ataques ao movimento Black Lives Matter, declarando que o presidente “joga combustível em cada fogo racista”.

Trump rebateu apontando seus esforços na reforma da justiça criminal e detonando o apoio de Biden a um Projeto de Lei Criminal dos anos 1990, que muitos consideram homens negros encarcerados desproporcionalmente. Olhando para a multidão, ele se declarou “a pessoa menos racista nesta sala”.

Voltando-se para a política externa, Biden acusou Trump de lidar com um “bandido” durante reuniões de cúpula com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un. E mais perto de casa, o ex-vice-presidente atou-se à política do governo Trump de separar as crianças de seus pais que tentavam cruzar ilegalmente a fronteira sul.

Biden disse que os Estados Unidos aprenderam com uma reportagem do New York Times que Trump pagava apenas US $ 750 por ano em impostos federais enquanto mantinha “uma conta bancária secreta” na China.

O ex-vice-presidente observou que liberou todas as suas declarações de impostos nos últimos 22 anos e desafiou o presidente a liberar suas declarações, dizendo: “O que você está escondendo?”

Trump disse que fechou sua antiga conta na China e alegou que seus contadores lhe disseram que ele “pagou antecipadamente dezenas de milhões de dólares” em impostos. No entanto, como fez nos últimos quatro anos depois de prometer liberar seus impostos, ele se recusou a dizer quando faria isso.

Assista ao debate completo no vídeo abaixo:


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Fonte: gazetanews 


reportar erro