Notícias | - 3:00 am


Três gerações de obreiros: avó, filha e neta4 min read

Cleuza da Silva, a avó, foi pioneira, quem chegou primeiro à Igreja e apresentou a fé aos filhos. Conheça a sua história a seguir

Três gerações de obreiros: avó, filha e neta4 min read

Muitos acreditam que deixar de herança bens materiais e uma segurança monetária aos filhos, netos e parentes é mais importante do que qualquer outra coisa.

No entanto, para a família de Cleuza Maria Pereira da Silva Souza, de 59 anos, casada e mãe de três filhos, o maior prazer dela, desde que chegou à Universal – mais de duas décadas atrás -, é olhar hoje para a sua família e ver todos, indistintamente, na presença de Deus, inclusive, fazendo a Obra no Altar da Universal, lugar onde os entregou desde pequenos. Pois, não existe herança melhor (e mais valiosa) para deixar aos nossos descendentes do que a fé em um Deus vivo. Uma fé que traz vida com abundância, felicidade e, no porvir, a Salvação eterna.

Porém, essa alegria e paz desfrutadas hoje nem sempre existiram, já que Cleuza, quando jovem, vivenciou uma grande frustração amorosa, o que causou em si muito desgosto. Ela viveu assim por muito tempo.

“Por causa do problema sentimental, carregava uma angústia dentro de mim, me tornei uma pessoa triste, sem vontade de viver. Mas, o problema em si não era ter ou não uma pessoa ao meu lado, e, sim, essa tristeza que parecia não ter fim, e olha que eu tinha buscado ajuda em diversos locais, porém, nada resolveu. Tanto que os anos se passaram, conheci o meu atual marido, me casei, mas o problema não saía de mim”, relembra.

Isso tudo, porém, só acabou quando ela conheceu a Deus, na Universal. Segundo conta, já são mais de 24 anos e meio na presença d’Ele, e os filhos também. Obreira desde o ano de 1993, nesses anos todos, Cleuza foi ensinando os filhos a seguirem o mesmo caminho que o dela: o da fé.

Herança bendita

E deu tão certo essa escolha que os filhos cresceram, se casaram, alcançaram a independência e suas profissões, mas nunca se esqueceram do que aprenderam no decorrer da vida.

E hoje têm passado a mesma fé que receberam lá no passado para outras gerações, como é o caso de uma das filhas de Cleuza, Ana Claudia Silva de Paula, de 41 anos, cuja filha, a auxiliar administrativo, Dayane Silva de Paula, de 21 anos, também está na fé.

As três são obreiras da Universal

Três gerações de obreiros: avó, filha e neta

Dayane conta que, desde o nascimento, a mãe e a avó já eram obreiras da Igreja. “E graças a Deus por isso, pois tive o privilégio de, desde cedo, ter referências para o meu crescimento espiritual e pessoal também. Eu as via como exemplos de mulheres de Deus. Elas eram fortes e suportaram muitas dificuldades, mas sempre estavam na dependência de Deus. Isso muito me influenciou, pois eu desejei ser como elas”, conta.

E esse modo de vida, garante Dayane, foi imprescindível para que, mais tarde, ela também tomasse a decisão de seguir a Jesus.

“Foi quando decidi me entregar, de fato e de verdade, a Deus e tive um encontro com Ele. Um momento inesquecível, pois conheci o mesmo Deus, O qual elas conheciam e serviam, e da mesma forma que elas, também tive o desejo sincero de servir a Deus como obreira, seguindo os mesmos passos”, relata.

A avó Cleuza é realizada em todos os sentidos e garante que nunca deixou de orar pelos filhos e netos.

“Eu me sinto muito honrada e feliz, porque não tem preço você ver a sua família inteira na presença de Deus, seus filhos, netos, que nasceram na Igreja e, hoje, todos estarem na fé. Porque se tem algo que eu nunca aceitei era ver os meus filhos e descendentes longe de Deus, por isso, a minha luta não foi em vão, porque tudo o que eu fiz para permanecer firme e as lutas que enfrentei e vivenciei foram para ter essa alegria dentro de casa”, ressalta.

Cleuza ainda reforça a ideia que se fosse para fazer tudo de novo, ela faria. “E ainda que Deus não me concedesse mais nada na minha vida, eu estaria feliz só pelo fato de ter toda a minha família na presença d’Ele. Até hoje eu continuo nessa fé, orando por eles, fazendo os meus propósitos, e eu creio que é exatamente isso que os tem conservado na Sua presença”, finalizou.

A Universal realiza reuniões diárias e em diversos horários. Procure a mais perto da sua casa e participe de um encontro de fé.

Caso esteja em São Paulo, visite o Templo de Salomão, que fica localizado na Avenida Celso Garcia, 605, no bairro do Brás, zona leste da capital paulista.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Ivonete Soares / Fotos: Marcelo Alves 


reportar erro