Notícias | - 9:00 am


“Tentei encontrar no álcool o refúgio para todos os meus problemas.”3 min read

encontrar no álcool

Tentei encontrar no álcool o refúgio para todos os meus problemas, era uma maneira fácil de tentar esquecer a realidade do vazio que carregava. Fui viciada no álcool durante 10 anos, gastei tudo o que tinha e o que não tinha para sustentar o meu vício.

Era consumida diariamente por pensamentos autodestrutivos, achava que ninguém se importava comigo e que não fazia nenhuma diferença na vida das pessoas. Isso fez de mim uma pessoa solitária e depressiva. Tinha um vazio enorme dentro de mim, faltava- me paz e vivia constantemente angustiada, nada conseguia me satisfazer.

Cheguei a um estágio de depressão profunda, não tinha expectativas de nada, vivia por viver, a minha vida estava cada vez mais escura, eu não conseguia enxergar a luz no fim do túnel.

Mas, teve um dia em meio ao desespero que levantei os olhos e pedi socorro a Deus, pedi que me mostrasse um caminho, pois não aguentava mais a vida que tinha. Logo veio a resposta, recebi um convite para participar de uma reunião de libertação na Universal e decidi aceitar a proposta que poderia me trazer a mudança de vida que eu precisava.

Comecei a perceber logo nas primeiras noites que já estava conseguindo dormir, algo no meu interior estava diferente e sentia-me mais leve. Fiz a corrente de libertação e obedecia a tudo o que o pastor falava no altar. É impossível não vermos os resultados dessa obediência, fui liberta dos vícios e curada da depressão, o meu interior mudou e consequentemente o meu exterior também.

Onde antes havia tristeza, solidão e vazio, hoje há alegria, paz e felicidade, só Deus é capaz de transformar assim a vida de alguém. Hoje tenho vontade de viver, porque encontrei a verdadeira felicidade no Senhor Jesus, Ele é o motivo do meu sorriso.

Alcinda Gertrudes Santos 

New Bedford Norte, MA

 

Os efeitos químicos do álcool no cérebro de pessoas com depressão

álcoolO álcool é um depressor, e provoca alterações químicas que deprimem a parte do cérebro associada com a inibição. Os efeitos químicos de álcool no cérebro deprimido são prejudiciais e podem piorar tudo. Álcool e depressão podem criar um efeito bola de neve.

O uso abusivo de álcool é um grave problema de saúde pública. A depressão é comum entre os indivíduos que bebem e pode ter fator decisivo na busca de tratamento. Procure ajuda!

Por meio da fé, é possível alcançar a cura na vida daqueles que acreditam e querem se libertar do mal dos vícios e da depressão. Assim como Alcinda foi liberta, você também pode se libertar dos vícios que perturbam e travam a sua vida e a da sua família.

Participe das reuniões de libertação, os encontros acontecem às sextas-feiras. Procure uma Universal mais próxima de você.

“Tentei encontrar no álcool o refúgio para todos os meus problemas."

Encontre uma Universal mais perto de você. 


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação  


reportar erro