Notícias | - 9:37 am


Suicídio2 min read

Será que pensamentos como estes têm sondado a sua mente?

Suicídio2 min read

Muitas pessoas, não conseguindo mais suportar a tristeza, a depressão e o vazio das suas almas, acabam por chegar ao ápice do radicalismo, ao darem cabo das suas próprias vidas. Outras, levadas pelo desespero, quer pelo término de um relacionamento ou devido a uma forte crise financeira, pensam seriamente em tirar as suas vidas, como se esta opção fosse a única solução. A última porta a ser aberta.

No entanto, o que essa pessoa não sabe é que, acabando com a vida, acaba-se também com a única oportunidade que ela teria de uma verdadeira solução para o seu problema. Pois, é somente quando se está vivo, que a pessoa tem a oportunidade de ser ajudada e ter a sua vida transformada.

Eliminar algo finito e com prazo de validade, como é o caso do nosso corpo, não é pior do que ter algo eterno, como é a nossa alma, sendo levada ao pior de todos os sofrimentos: uma eternidade sem paz, literalmente.

Se o suicida raciocinasse, jamais pensaria em matar-se. Isto porque o seu poder de matar diz respeito apenas ao seu coração e não à sua alma.

Se uma pessoa arrancasse a sua língua, ficaria sem falar; mas continuaria a viver; se lhe vazassem os olhos, ainda assim estaria vivo; se lhe arrancassem os braços e as pernas, mesmo assim, a sua vida continuaria, porque a sua alma ocuparia o restante.

Isto é, o ser humano tem o poder sobre o corpo físico, mas não sobre o espiritual. Ele pode fazer o que quiser com o seu corpo, mas, com a sua alma nada pode fazer.

Nem ao menos, tocá-la. É nisso que as pessoas que pensam em matar-se deveriam refletir. Se elas acabassem com a sua vida, isto é, com o seu corpo físico, para onde iria a sua alma, já que ela é imortal?

Será mesmo que os problemas do suicida afetam somente o seu corpo? E a alma desta pessoa que quer se
matar, aonde vai parar? Com toda a sinceridade, não creio que vá para um lugar de remissão, descanso ou de preparação para outra suposta vida.

Então, porquê acabar com o corpo? Será que, acabando com a matéria, a alma ficará em paz?

Eu tenho uma sugestão. Se você está vivendo nessa situação, então, experimente fazer um pacto com Deus. Seja sincero para com Aquele que é o criador de toda a vida. Diga-lhe que se de fato existe e é real, então, que mude a sua história para a vida ou para a morte de uma vez!

Se houver sinceridade nesse pacto, a sua vida nunca mais será a mesma. Creia nisso, e você, sem sombra de dúvida, encontrará a paz que tanto almeja!

Suicídio

Suicídio

Encontre uma Universal mais perto de você. 


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação  


reportar erro