Notícias | - 11:51 am


Relacionamento abusivo aumenta o risco de depressão e ansiedade.2 min read

Relacionamento abusivo aumenta o risco de depressão e ansiedade.

Quando se fala em relacionamento abusivo, muitas vezes é um termo relacionado à agressão física. No entanto, o comportamento pode tomar outras formas, como violência psicológica, sexual e financeira. Assim sendo mais difíceis de identificar. Nos Estados Unidos a violência contra mulheres aumentou, em meio à pandemia do novo coronavírus, os atendimentos da Linha Nacional de Violência Doméstico cresceram 12%. Além disso, 3 em cada 5 mulheres sofrem violência em um relacionamento afetivo. Mas você sabia que o relacionamento abusivo também aumenta o risco de ansiedade e depressão?

Um estudo comandado pela Universidade de Queensland, na Austrália, constatou que vítimas de relacionamento abusivo têm duas vezes mais chances de desenvolver os dois distúrbios quando comparados a quem não sofreu abusos.

Os pesquisadores acompanharam mais de 1500 participantes durante nove anos. Assim, as mulheres que foram vítimas de relacionamento abusivo aos 21 anos apresentaram maior probabilidade de desenvolver distúrbios de ansiedade. O número de homens e mulheres afetados foi igual.

Principais comportamentos de um relacionamento abusivo
  • Abuso físico, incluindo empurrar e bater;
  • Abuso emocional, incluindo comentários que fazem alguém se sentir inútil, constantemente criticado ou manipulado;
  • Assédio, incluindo pressão indesejada ou intimidação

Dessa forma, se você está questionando a saúde do seu relacionamento, esses comportamentos podem indicar abuso, mesmo sem violência física.

“Cheguei ao ponto de desejar cometer o suicídio, eu estava pronta para tirar a minha própria vida.”

Desde a infância eu sofria com vários conflitos internos, era extremamente nervosa, complexada e também tinha ataques de pânico. Tudo piorou quando me envolvi em um relacionamento abusivo. O sofrimento que vivia era tão grande que entrei em uma depressão profunda. Cheguei ao ponto de desejar cometer o suicídio, eu estava pronta para tirar a minha própria vida. Escrevi uma carta de despedida para minha família, mas Deus não permitiu que eu concretizasse esse ato de desespero.

Foi dessa forma que conheci o Senhor Jesus, após aceitar um convite para ir à Universal, Deus começou a transformar a minha vida. Fiz tudo que me foi orientado e hoje sou livre da depressão e de tudo o que me fazia sofrer. Deus transformou a minha vida.

Hoje sou uma pessoa completa, tenho o Espírito Santo, sou bem casada e tenho vontade de viver!

Nicolly Voci

Lowell, MA

 

Relacionamento abusivo aumenta o risco de depressão e ansiedade.

Encontre uma Universal mais perto de você. 


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação  


reportar erro