Notícias | - 3:05 am


Rede Aleluia chega à Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Rondônia2 min read

Início das transmissões ocorreu em Porto Velho, capital do Estado. Saiba mais

Rede Aleluia chega à Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Rondônia2 min read

Há mais de 19 anos, a Universal tem levado a Palavra de Deus por meio de transmissões realizadas pela Rede Aleluia (99,3 FM, em São Paulo). Atualmente, são 64 emissoras, espalhadas em 22 Estados, e a programação pode ser acompanhada também por meio da internet ou de aplicativo.

Recentemente, a Rede Aleluia deu mais um passo importante em prol do trabalho de evangelização da Universal dentro dos presídios, com o início das transmissões de rádio dentro da Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Rondônia. A inauguração, com cerimônia de apresentação e a primeira transmissão, aconteceu no dia 26 de julho, na capital do Estado, Porto Velho.

Todos os detentos do local, alocados em mais de 200 celas – divididas em quatro alas –, poderão ouvir a Rede Aleluia sintonizando a frequên-

cia 104,5 FM, três vezes por semana. Cada transmissão tem duração de duas horas e é uma oportunidade de conhecer e aprender mais sobre a Palavra de Deus, o que seria impossível pelo contato físico, já que se trata de um presídio de segurança máxima.

Ganhar almas

“O que nos motiva a colocarmos a rádio nos presídios é alcançarmos todas as pessoas que estão presas naquele sistema. E não só os presos, mas também os agentes que estão trabalhando ali. O rádio nos presídios são caixas de som instaladas nos corredores, com a rádio local e a Rede Aleluia. Ou seja, a programação de São Paulo entra nos presídios”, explica o bispo Célio Lopes, responsável pela Universal em Rondônia.

O bispo destaca que somente a fé em Deus pode recuperar uma pessoa. “Inclusive, temos vários testemunhos de pessoas que eram perigosas e que hoje são pastores, membros da Universal e pais de família. São pessoas que foram transformadas. E quem transformou foi a Igreja? Não. Foi a Palavra de Deus.”

De dentro para fora

De acordo com o pastor Newton Barbosa Huchack, diretor da Rede Aleluia de Rondônia, a programação é especial e selecionada para os detentos. Seguindo os protocolos de segurança do que é permitido ou não, são transmitidas músicas, hinos, palavras de fé e de esperança, com o intuito de fortalecer a vida do ouvinte.

Para o diretor da Penitenciária Federal de Rondônia, Cristiano Torquato, a assistência religiosa é uma das mais importantes para o preso. “Ela age de dentro para fora, ao contrário das outras assistências”, enfatiza.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Débora Picelli / Foto: Cedida pelo grupo UNP de Rondônia  


reportar erro