Notícias | - 12:05 am


Que venha 20174 min read

Caminhamos juntos em busca de sermos homens melhores no ano que terminou, mas a jornada continua

Que venha 20174 min read

E lá se foi 2016. Escrevemos aqui sobre muita coisa que faz de quem segue o Projeto IntelliMen um homem realmente melhor.

Falamos de como ser um homem pleno, cujas atitudes fazem dele um cara equilibrado nos quesitos saúde, relacionamento, dinheiro, trabalho, caráter e a importante estrutura espiritual, que é a base de tudo.

Demos boas dicas de como se vestir de acordo com a ocasião, mostrando que um cara bem vestido causa uma impressão bem melhor do que um cartão de visitas. E sem firulas ou “modinhas”.Vestir-se como homem mesmo, com “roupa de briga” e atemporal. Com classe, bom gosto e sem frescuras. Aprendemos até a cuidar melhor das peças de nosso vestuário, pois grana não dá em árvore e cuidar do que é nosso faz muito bem.

Traçamos um breve perfil de alguns esportes indoor e outdoor, repletos de benefícios à saúde, aventura e desafios, com os devidos toques sobre segurança e responsabilidade.

Falando em saúde, lembramos que homem que é homem tem que se cuidar, justamente para continuar a ser homem, sem preconceitos bobos, numa abordagem madura e sensata de preservação do corpo para que tudo ande bem – uma vez que, quando a saúde está prejudicada, influencia todo o resto.

Conhecemos melhor a vida de caras que são ou foram exemplos de virilidade de verdade, sem máscaras – como a da “lenda” John Wayne, que em nada condiz com a realidade. E de sujeitos firmes, como Jimmy Stewart, que era bravo nas telas e fora delas, como piloto na Segunda Guerra; de Tom Hanks, que teve a coragem de falar de seus erros da juventude que agora afetam sua saúde e deu um toque para outros serem mais inteligentes do que ele. Ou a de Ben Stiller, que deixou bem claro que um exame de próstata, algo que muitos caras têm medo ou preconceito de fazer, salvou sua vida e permitiu que seguisse em frente; e Michael Phelps, maior medalhista olímpico da História, que chegou a esse patamar por expandir seus limites e ser disciplinado. E ainda a de Saint-Exupéry, que enfrentou a mais sangrenta das guerras, mas acordou muita gente que estava se esquecendo de sua humanidade, usando um menininho perdido num deserto para isso, num dos livros mais célebres de todos os tempos. E outros tão notáveis quanto esses.

Vimos também lados menos conhecidos de homens notáveis da Bíblia, viris numa época cheia de desafios, e de como sua entrega a Deus os tornou mais homens ainda. Entre eles Davi, Paulo e o próprio Senhor Jesus, o maior IntelliMan de toda a existência humana.

Fizemos você parar para pensar um pouco em seu papel de pai, de filho, de marido, de namorado e até no relacionamentoconsigo mesmo, respeitando-se, evoluindo.

Mostramos como alguns dos melhores soldados do mundo chegaram a esse título com disciplina. E vimos ainda que um adversário, um rival, não precisa ser tratado como inimigo, mas com respeito e honra.

Mesmo assim, vemos caras que leram tudo isso e não moveram uma palha para melhorar. Talvez por orgulho de achar que já são “os bons” e que não precisam se desenvolver. Talvez porque esse orgulho besta seja só uma desculpa esfarrapada para não arregaçar as mangas mesmo. Vai saber.

No entanto, os que seguiram tudo isso e procuraram, por eles mesmos, pesquisar mais em busca de conhecimento, olham no espelho e sabem, não só imaginam, que são hoje homens mais completos. Podem até não ter chegado ao ideal, mas estão em franca ascensão.

Na última palestra do “Ano da Disciplina” aprenderam que o sucesso é uma consequência, não um ideal em si, desde que suas atitudes reflitam a Glória de Deus e não a vaidade humana.

Temos dois ingredientes muito bons nas mãos neste exato momento: nós e o tempo. Este ano que se inicia é um material muito bom a ser trabalhado em nosso benefício e não só mais uma série de números num calendário que será jogado fora em dezembro. é matéria-prima de ouro, que muitos dariam tudo para ter de volta após terem desperdiçado, enquanto outros têm ao alcance e nem se dão conta disso. E nós mesmos somos o canteiro de obras em que esse material, se bem usado, servirá para erguer algo sólido, bom, forte e viril.

O tempo está a seu dispor, meu amigo. E ele já começou. Por aqui, agradecemos muito por sua atenção, seja você um jovem que faz parte das fileiras dos IntelliMen que já fazem a diferença, seja um veterano que aprendeu que ainda pode melhorar muito, dia após dia.

Que comece o novo ano. Estamos à altura do desafio.

Hoje em dia o respeito é fundamental para que haja um bom relacionamento interpessoal. Se você é homem e deseja mudar suas atitudes, a hora é agora. Participe do projeto Intellimen e aprenda como ser um homem melhor. Para mais informações sobre o grupo clique aqui.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Marcelo Rangel / Foto: Fotolia 


reportar erro