Notícias | - 12:05 am


Quando problemas no relacionamento sufocam o amor4 min read

Veja o que Renato e Cristiane Cardoso pensam sobre este assunto

Quando problemas no relacionamento sufocam o amor4 min read

O ressentimento é um dos piores inimigos do relacionamento. Por vezes, ele surge de problemas mal resolvidos entre o casal. Talvez até em razão da falta de reciprocidade em questões simples da rotina. Isso tem acontecido com Cibele, uma aluna da A Escola do Amor Responde. Ela reclama das atitudes do marido e já não sabe mais se o ama. Veja quais são os conselhos de Renato e Cristiane Cardoso.

Cibele – Acho que não amo mais meu marido. Não sinto falta dele e acho ótimo quando não está em casa. Ele só quer me ver cozinhando e limpando a casa. Eu trabalho e ganho mais do que ele e pago a maior parte das contas. Há uns dias encontrei coisas pornográficas no celular dele e parece que o pouco amor que restava acabou de vez. Ele disse que mudaria, mas até agora não vi nenhuma modificação. Às vezes, penso em ficar casada por causa da minha filha de 2 anos, mas tenho dúvidas se o sacrifício vale a pena.

Renato – Gostamos de ressaltar que uma história sempre tem dois lados e nós não sabemos o que seu marido diria se nos escrevesse. Mas o que chama nossa atenção é a resistência que você tem quando diz que seu marido quer que você cozinhe, limpe a casa e faça as tarefas domésticas. Eu detecto palavras de ressentimento e, quando a pessoa está ressentida com outra em um relacionamento, é óbvio que tudo que ela vai fazer é olhar a outra com um olhar negativo e vai começar a procurar e a encontrar defeitos. Uma pessoa magoada embarca em uma missão de encontrar erros em relação a quem ela tem mágoa.

Cristiane – Cibele, quando você fala que ele só quer que você limpe a casa e cozinhe, está olhando tudo de forma negativa. Onde vocês estão juntos quando não estão trabalhando? Em casa. E como é o ambiente? Vocês moram na mesma casa e quando chegam do trabalho é importante que dê para viver juntos. Então, a casa deve estar limpa, porque depois de um dia de trabalho, ninguém quer ficar em um chiqueiro. é o lugar que você mora que mostrará seu cuidado com seu marido. Você deve estar pensando que sou machista, mas coloque seu marido para cuidar da casa para ver se dá certo.

Renato – Creio que há muitos homens por aí que fazem muito bem esse trabalho (risos). Mas não são todos. O que não impede que o homem faça a parte dele.

Cristiane – Mas ele vai fazer porque quer e porque vê que você está se esforçando, mas, quando você nega, ele faz birra. Ele reclama e você vê na reclamação algo como se ele só a visse como empregada, mas, na verdade, tudo o que ele pede é cuidado.

Renato – O que a Cristiane está falando é que alguém tem que dar o primeiro passo. Se os dois ficarem nesse impasse de que se um não fizer o outro também não faz, essa casa não vai prevalecer. Para uma mudança rápida, você fica no pé dele para ver se ele está fazendo alguma coisa. Então, você se torna uma pessoa muito difícil de agradar e, dessa forma, ele não se sente incentivado a mudar. Uma pessoa que já está fragilizada e esgotada com a situação vai procurar algo para extravasar, seja um vício, seja a pornografia, o futebol, etc. Cibele, nós não estamos aqui colocando toda a culpa em você, seu marido também tem culpa. Mas estamos falando com você, que nos escreveu. Primeiro, resolva esse sentimento de mágoa. Não é produtivo ficar com mágoa dele. Não pense que não sabe se o ama mais.Você se casou e tem uma filha com ele. Então, provavelmente você o ama, mas há muitas coisas sufocando esse amor.

Cristiane – Você tem comportamentos que não contribuem com o amor. Aí parece que o amor não está mais ali, mas é por causa do seu comportamento. Se você mudar, verá que o amor
ainda existe.

Renato – Você não pode ficar somente pela sua filha. Você tem que ficar com a determinação de lutar, resgatar a relação e fazer a sua parte. Você não vai tolerar a cafajestagem nem a pornografia, você não tem que tolerar o que ele tem feito de errado. Então, corrija seus erros para que só ele fique errado nessa relação.

Para saber mais como resolver os problemas da vida amorosa, participe das palestras da Terapia do Amor, todas às quintas-feiras, em uma Universal mais próxima de você. A cada palestra, casais, noivos, namorados e solteiros aprendem sobre o amor inteligente e como desenvolver o relacionamento a dois.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Rafaela Dias / Foto: Fotolia  


reportar erro