Notícias | - 8:00 am


Quais os benefícios de uma boa gestão?3 min read

Veja como essa prática pode ajudar em sua vida pessoal e em seu negócio.

Quais os benefícios de uma boa gestão?

Muito se fala dos benefícios da autogestão para a carreira profissional e da influência dela na atuação de empreendedores em seus negócios. Segundo uma pesquisa divulgada em setembro deste ano pela revista Forbes com 130 líderes brasileiros, ela será uma das habilidades mais importantes para 95% deles no período pós-pandemia. Os líderes também entendem que quem sabe cuidar da própria carreira possui um diferencial e está mais apto a ser promovido quando chega o momento das empresas fazerem essa escolha. Contudo, na prática, várias pessoas ainda desconhecem a importância da autogestão até para a vida pessoal. 

Para Luciana Gonzalez dos Santos, advogada especializada em direito empresarial do trabalho, gestão de pessoas e compliance trabalhista pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e sócia-proprietária na LGS Sociedade de Advogados, em São Paulo, a gestão empresarial é um conjunto de ferramentas e estratégias que tem o objetivo de prover resultados. “É vital ter gestão, pois ela permite a tomada de decisões conscientes buscando atingir os objetivos da empresa. O principal benefício é ter a visão sobre a ‘saudabilidade’ do negócio e definir a melhor estratégia para correções e/ou investimentos; tomar decisões conscientes e mais adequadas em cada momento; manter a saúde financeira e operacional do negócio; e saber avaliar quando expandir o negócio se as condições permitirem.” 

Dentro desses parâmetros e diante do momento que estamos vivendo, há a exigência para a inovação. “Inovar corporativamente é a cultura de fazer mais com menos, isto é, gerar resultado por meio da melhoria contínua, seja em produtos, seja em processos. Para adotar a gestão da inovação é preciso criar uma estratégia e definir o modelo que deseja aplicar: como as ideias serão colhidas, selecionadas e implementadas de fato na empresa? Criar e fomentar ferramentas para que isso faça parte da cultura da companhia é essencial para a prosperidade dela”, diz. 

Luciana adverte que não há como gerir um negócio sem acompanhar, analisar e agir sobre os resultados de maneira contínua e organizada. “A prosperidade de um negócio fica inviável ou temporariamente gerida pelo acaso apenas. É importante ter o mínimo de planejamento do negócio a médio prazo para assim visualizar os resultados a que se pretende chegar. Para isso, é necessário adotar controles mínimos financeiros de custos fixos e variáveis, lucros, perdas e do objetivo financeiro e fazer o acompanhamento para que, se for necessário, mudar a estratégia de negócio.” Também é preciso ter ou desenvolver algumas características e habilidades e estar atento às tecnologias: “curiosidade, a busca constante por oportunidades, interesse e iniciativa, persistência, comprometimento, disciplina, organização e planejamento, persuasão e autoconfiança. Vale acrescentar que cada vez mais a tecnologia é a principal ferramenta do trabalho e necessária para a inovação e, sem administrar esse conhecimento e aplicá-lo na estratégia de negócio, corre-se o risco de a empresa ficar obsoleta”, diz.

Para quem quer fazer uma boa gestão da sua vida e da sua empresa, ela aconselha o monitoramento constante, além de muito estudo das competências técnicas que dizem respeito ao produto ou serviço. “Por exemplo, como advogada, tenho que estudar direito continuamente, mas, além disso, gestão de pessoas, gestão financeira, marketing, vendas, comunicação, etc. Quem é empreendedor tem como característica ser um profissional multidisciplinar, que, além de vender um produto ou serviço, participa de toda a operação para que eles cheguem ao cliente”, conclui.

Quais os benefícios de uma boa gestão?

Participe das reuniões do Congresso para o Sucesso, toda segunda-feira em uma Universal mais perto de você. 


Igreja Universal
  • Redação  


reportar erro