Notícias | - 12:05 am


Procura-se líder com integridade4 min read

Ao contrário do que muitos pensam, profissionais preferem ser liderados por alguém íntegro, em vez de somente competitivo e autoritário

Procura-se líder com integridade4 min read

O que chama mais a atenção das pessoas em geral em relação a um líder? Que característica faz com que sintam firmeza em alguém e confiem em sua liderança? Uma pesquisa da empresa norte-americana Robert Half Recursos Administrativos revelou: integridade, segundo três quartos dos profissionais entrevistados.

Um líder ser, acima de tudo, íntegro foi o desejo manifestado por 75% dos trabalhadores e por 46% dos diretores – eles também líderes, obviamente, que sabem o que é necessário para estar à frente de uma equipe. Só 10% consideraram a competitividade acima das outras características de quem gostariam de seguir e obedecer.

Houve outras características citadas pelos pesquisados, algumas diretamente ligadas à integridade, como justiça (58% dos entrevistados) e transparência (25%). As demais foram determinação, mentalidade estratégica, acessibilidade, mentalidade colaborativa e a já falada competitividade.

Atitude que impulsiona

“Líderes que agem com integridade e tratam bem as pessoas ajudam a maximizar as contribuições de seus colaboradores para a organização”, diz Tim Hird, diretor-executivo da Robert Half, que revela que a influência de um líder assim vai bem além dos liderados diretos. “Esses atributos também impulsionam o negócio e atraem investidores, clientes e funcionários em potencial”, diz.

Muitos gostam de ser liderados por alguém com carisma, com “lábia” ou que “sabe vender seu peixe”. Por isso já compraram peixe estragado. Ser íntegro não depende de propaganda nem de mostrar o que faz com uma maquiagem de honestidade – estratégia bastante comum na esfera política brasileira nas últimas décadas, cujos resultados todos agora vemos e arcamos com as consequências.

é claro que as outras características de uma boa liderança, como a referida (boa) competitividade, também são altamente desejáveis. Mas a voz da maioria corrobora, segundo a pesquisa: sem integridade, os outros atributos de nada valem. Além disso, um líder que opta por fazer o certo tem muito mais credibilidade e pode exigir de seus liderados que façam o mesmo.

Portanto, o velho “faça o que eu digo, não o que eu faço” não tem mais vez em uma organização ou em uma pessoa que se propõe honesta. é o que diz outro clichê que, embora batido, é verdadeiro: qualquer um pode ser chefe, mas ser líder é outra conversa.

Aprendendo a ser um

O bispo Renato Cardoso, coordenador de projetos de sucesso na Universal, aprendeu na prática atitudes que levam alguém a ser um líder íntegro. “Ao longo dos anos, cheguei a algumas conclusões sobre o que é liderança; definições simples que me ajudam a entender o que significa ser um líder: alguém que não precisa ser supervisionado ou mandado fazer algo, sabe como lidar eficazmente com as tentações quando está sozinho e é o primeiro a fazer o que ele espera dos outros”.

As tentações, como citadas pelo bispo, podem fazer muita diferença – e faz parte da integridade blindar-se contra elas. Faz parte daquela velha questão de “deixar o poder subir à cabeça”. é preciso lembrar-se de um tal Adolf Hitler, um dos homens com mais poder na história da humanidade, mas que cometeu algumas das maiores atrocidades contra milhões por ser carismático, dizer o que muitos queriam ouvir, fazer muita propaganda e, no fim de tudo, submeter sua pátria inteira e as nações parceiras (o Eixo) à vergonha e à derrota.

Quando um líder vergonhoso cai, quem o segue cai junto. Lembre-se disso na hora de ir na onda daquele tolo que, por exemplo, quer se fazer de superior fazendo bullying contra outros porque se acha numa posição de destaque e encontra quem o apoie nessa atitude imatura – sim, adultos (pelo menos fisicamente falando) também fazem isso, por incrível que pareça. é o que uma vez foi sabiamente comentado pelo homem de letras francês Nicolas Boileau (1636-1711): “Um idiota sempre encontra outro idiota ainda maior para admirá-lo”. E segui-lo, infelizmente.

Sim, ser um bom líder não é só uma qualidade que já nasce com a pessoa. Grandes homens e mulheres da história souberam antes obedecer para, mais tarde, mandarem com propriedade. Josué, por exemplo, foi fiel parceiro de Moisés na busca pela Terra Prometida, aprendendo de perto com aquele líder levantado por Deus.

Líderes íntegros são vencedores que levam outros a vencer na mesma organização e isso, como vimos, se aprende. Esse é um dos assuntos sempre explorados no Congresso para o Sucesso, que acontece às segundas-feiras na Universal e já conta com muitos resultados positivos. A reunião acontece às 7h, 10h, 12h, 15h, 18h30 e, especialmente, às 22h no Templo de Salomão para os que buscam sucesso na vida financeira e carreira. Encontre uma Universal mais próxima de sua casa em www.universal.org/enderecos. Acompanhe o Congresso também on-line pela plataforma Univer (univerparacrer.com).

Caso queira adquirir o livro “50 Tons Para o Sucesso”, que contém dicas para a vida profissional e financeira, acesse o Arca Center, clicando aqui.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Marcelo Rangel / Foto: Fotolia 


reportar erro