Notícias | - 3:15 am


Por que é mais feliz quem dá do que quem recebe?4 min read

Talvez você pense o contrário, mas saiba o que a Bíblia diz sobre o assunto

Quando alguém precisa de algo e uma pessoa dá, muitos consideram que o abençoado foi quem recebeu.

No vídeo abaixo, talvez você chegue a essa mesma conclusão. Assista:

Você pode pensar assim: “Como esse garotinho foi abençoado!” Mas sabia que, pela ótica Divina, não é assim?

“Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber.” Atos 20.35

Talvez a passagem bíblica acima soe estranho, mas pense da seguinte forma: é mais feliz quem dá, porque se essa pessoa deu é porque tinha, e o que recebeu não tinha; quem dá tem a condição que a outra pessoa não tem. é claro que quem recebe fica feliz (você já deve ter recebido algo e sabe bem o que sentiu nessa hora), mas muito mais feliz é quem está dando.

A Bíblia é repleta de exemplos de pessoas que compartilharam o que tinham e nada lhes faltou. Trouxemos 4 Provérbios que mostram quão bem-aventurado é quem dá:

1. Sem julgamentos: é difícil ajudar alguém se você já tem pensamentos pré-concebidos sobre ela. “Está passando fome porque não trabalha”, “Está doente porque não se cuida”, “Gasta o dinheiro sem necessidade depois fica assim”. O resultado é que, supostamente sabendo da razão porque a pessoa se encontra daquele jeito, você não vai achar justo ajudá-la de alguma forma. Mas olha só o que a Palavra de Deus diz:

“O que vê com bons olhos será abençoado, porque dá do seu pão ao pobre.” Provérbios 22.9

Esses “bons olhos” significam não julgar o próximo. O importante não é o que a pessoa fez ou deixou de fazer para estar naquela situação, mas como eu posso ajudá-la. E observe que quem assim o faz será abençoado.

2. Sem apego: Não é errado pensar no futuro e guardar dinheiro. O erro começa quando aquilo que você poderia compartilhar com o necessitado é retido.

“Ao que distribui mais se lhe acrescenta, e ao que retém mais do que é justo, é para a sua perda.” Provérbios 11.24

Como é possível dar e mesmo assim ter muito mais? Na Lei de Deus é assim. Quando você retém o que não precisa, você perde. Quantas vezes alguém guardou uma roupa que não servia mais e que ela poderia dar a alguém, mas o apego a fez deixá-la no guarda-roupa. Resultado: um belo dia, quando foi ver, ela estava manchada ou então roída pela traça. Tinha um alimento em casa, sabia que não ia comer, mesmo assim não se preocupou em dar, quando foi ver estava estragado. Esses são só dois dos inúmeros exemplos. Quem guarda o que poderia dar só tem prejuízo.

3. Atenda o próximo: Muitos reclamam que ninguém o ajuda, que só tem amigos egoístas, que “ninguém se importa” (bem dramáticos). Mas será que estão dando o primeiro passo para que isso aconteça?

A alma generosa prosperará e aquele que atende também será atendido.” Provérbios 11.25

Quando você atende a necessidade de alguém, nem sempre a recompensa virá daquela pessoa que um dia ajudou (e nem por isso ela é ingrata). Mas virá quando você precisar e, talvez, de alguém que talvez nem imagine.

4. Atraia o bem: Não ajudar chega a ser arriscado. Isso não quer dizer que você deva fazer isso por medo de sofrer algo. Mas fingir que não está vendo a necessidade do outro revela que você não se importa e quem não semeia o bem, como espera colhê-lo?

“O que dá ao pobre não terá necessidade, mas o que esconde os seus olhos terá muitas maldições.” Provérbios 28.27

Todo mundo pode, de alguma maneira, ajudar seu próximo. Observe ao seu redor. Na escola, no trabalho, na rua, no ônibus, na igreja. Em todo tempo e em todo lugar tem alguém precisando de algo que você pode dar. Seja uma palavra de fé, seja uma ajuda material.

Se está em suas mãos a condição de fazer o bem, não deixe de fazê-lo. Porque “aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado” (Tiago 4.17).

Compartilhe essa mensagem em suas redes sociais.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Núbia Onara / Foto: Thinkstock 


reportar erro