Notícias | - 7:00 am


“Ouvia vozes, via vultos e pessoas mortas.”3 min read

“Ouvia vozes, via vultos e pessoas mortas.”

Efraín Aguilar sofria com depressão e perturbações noturnas, via vultos e ouvias vozes, mas hoje desfruta de uma vida plena, alcançou através do Espírito Santo a verdadeira felicidade. Confira a sua história.

Nasci em uma família humilde e tínhamos poucos recursos, éramos cinco irmãos e o meu pai viajou para os Estados Unidos em busca de uma vida melhor para a nossa família, mas consequentemente e devido à distância os meus pais começaram a ter muitos desentendimentos o que tornou tudo ainda mais difícil para nós.

Comecei a ter sintomas de depressão na minha infância e chorava por tudo e por nada, a minha mãe ficava preocupada comigo, mas não sabia como me ajudar. Ouvia vozes, via vultos e pessoas mortas. A minha mãe vendo que eu não melhorava decidiu buscar ajuda nos médicos, mas sem nenhuma reposta concreta, diziam ser da idade e que tudo isso ia passar. Eu só piorava e mesmo sem querer, não conseguia controlar a angústia que estava dentro de mim. Fiz tratamentos, mas não havia melhoras.

Aos 18 anos vim para os Estados Unidos, para também poder ajudar a minha família e ao mesmo tempo tentar manter a minha cabeça ocupada. Os anos seguintes foram muito piores, longe da minha família comecei a beber para esquecer os problemas, tentava preencher de alguma forma o vazio que tinha.

Na época ainda não era casado, mas a minha esposa vendo a minha situação convidou-me para ir na Universal que já frequentava há algum tempo. Ela me transmitia paz e falava com tanta certeza que despertou em mim a curiosidade de conhecer a igreja. Lembro- me do primeiro dia que entrei na igreja, o ambiente era agradável, a música que tocava era suave, eu não parava de chorar. Pela primeira vez senti-me amado, ajoelhei-me e pedi ajuda a Deus. Comecei a fazer as correntes de libertação à sexta-feira, fui liberto dos vícios e curado da depressão.

Tenho imenso prazer em compartilhar o meu testemunho, hoje eu posso afirmar que existe através do poder fé, cura para a depressão. Deus me curou e me deu o Seu Espírito, sou completamente realizado.

Efraín Aguilar 

San Pablo, CA

 

DEPRESSÃO INFANTIL: QUE VOCÊ PRECISA SABER

“Ouvia vozes, via vultos e pessoas mortas.”

As pessoas acreditam que como as crianças não têm problemas como os adultos, então não ficam deprimidas. O que precisamos entender é que depressão vai muito além que apenas um momento. Pode se tratar de um episódio normal e esperado de tristeza, de luto, ou de adequação diante de alguma situação, também é ocasionada por fatores de natureza psicológica, emocionais, como a mudança de cidade, de casa, de escola, de professores, a separação dos pais, presenciar discussões em casa, entre outros.

Quando a criança passa a apresentar vários sintomas persistentes, podemos desconfiar que ela está com depressão. A depressão infantil é um distúrbio de humor que vai além da tristeza normal e temporária, ela é uma perturbação orgânica, que envolve variáveis sociais, psicológicas e biológicas.

Esse transtorno encontra-se cada vez mais frequente em crianças e adolescentes. Por isso, pedir ajuda é fundamental para prevenir futuros problemas. Peça ajuda agora!

A Universal ensina a prática da fé espiritual associada ao tratamento médico recomendado a cada paciente.

Para mais informações, escreva-nos pelo o WhatsApp ou email. 

“Ouvia vozes, via vultos e pessoas mortas.”

Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação  


reportar erro