Notícias | - 4:07 pm


“Os médicos deram-me 2% de chances de vida”3 min read

Após ser submetida a uma endoscopia, Gina Carpenter foi diagnosticada com tumor neuroendócrino, buscou o socorro de Deus e alcançou a cura.

Resultados da fé

No final do ano 2013, Gina Carpenter, começou a ter algumas complicações na saúde e foi submetida a uma endoscopia com biópsia e os resultados não foram nada bons. “Eu fui ao médico, fazer exames de rotina, fiz uma endoscopia e os resultados não foram os esperados. Fui diagnosticada com um tumor neuroendócrino estágio II”, disse.

Em situação crítica, teve que ser internada de urgência e submetida a uma gastrectomia (retirada parcial ou total do estômago). “Os médicos não tinham outra opção, eu estava vivendo uma situação muito delicada e tiveram que reagir rápido. Foram também encontrados tumores no fígado e no pâncreas. A minha situação era de vida ou morte”, desabafa.

Em 2014, Gina estava no Brasil e sem saber o que o futuro lhe aguardava, seguiu todas as recomendações médicas e fez o tratamento recomendado pelos médicos. “Eu estava fazendo o tratamento, quando entrei em coma e fiquei mais de 6 meses ligada às máquinas. Os médicos deram-me 2% de chances de vida, estava praticamente morta”, disse ela.

Resultados da fé (antes)A FÉ EM AÇÃO

Gina contou que nesse período já frequentava a Universal, participava das reuniões aos domingos e usava sempre a fé em favor de sua saúde.

“Eu já fazia o tratamento da água com a gota do milagre, mesmo sem saber da minha situação física”. Em coma, Gina teve o apoio de toda a família. O irmão e a cunhada, também frequentavam a Universal e continuaram na fé lutando por ela, principalmente nos momentos em que ela mais precisou. “Eles iam me visitar todos os dias na UTI e levavam a água consagrada, passavam a água nos meus lábios e faziam orações por mim. Acordei do coma e tive que reaprender a andar e a falar, mas me recuperei completamente”, disse.

Já se passaram 6 anos e Gina desfruta de uma vida normal, mesmo tendo retirado o seu estômago. Continua fazendo os seus exames de rotina e é acompanhada por um oncologista aqui nos Estados Unidos, mas sem nenhuma metástase. Hoje está completamente curada e vive feliz. “Eu sou um milagre, não existe explicação científica para os resultados da fé”, finalizou.

A GOTA DO MILAGRE

É a fé que leva uma pessoa a Deus, para conquistar a Salvação e claro, obter o milagre da cura total. Por isso, semanalmente, pessoas em busca da cura por meio da fé têm participado das reuniões aos domingos. Se você acredita que o seu sofrimento pode ter um fim, neste próximo domingo, compareça a esse encontro.

As reuniões acontecem aos domingos, clique aqui e confira os horários das reuniões e para encontrar uma Universal mais perto de sua casa, clique aqui.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação 

    Tânia Araújo


reportar erro