Notícias | - 12:05 am


O segredo da Fogueira Santa5 min read

Conheça a história de Mara Machado, uma mãe que perseverou e conquistou o que realmente desejava

O segredo da Fogueira Santa5 min read

Em meio ao sofrimento de ver o filho envolvido com o tráfico de drogas e o neto com problemas graves de saúde, Mara Machado, de 61 anos, tentou resolver a situação de todas as formas que pôde. Ela conversou, brigou, chorou, levou ao médico, mas nada adiantava. O desespero tomou conta dessa mulher, que teve a vida marcada pela dor e pela angústia. Só que uma atitude transformou todo esse tormento em paz e essa desunião em cumplicidade.

“Foi um convite que ouvi no rádio que deu uma reviravolta na situação que eu vivia. As atitudes do meu filho, Luciano Machado, hoje com 39 anos, só me decepcionavam. Ele traficava, roubava, quebrava objetos dentro de casa e batia na esposa. Ele nunca me obedeceu e seguiu valores contrários aos que ensinei. Ao ouvir na rádio palavras de fé e força, decidi ir à Universal pedir um aconselhamento”, revela.

Era época de Fogueira Santa e ela ouviu do pastor que o propósito era para aqueles que precisavam de uma resposta imediata. “Naquele dia, voltando da reunião, à noite, passei por uma praça que tinha perto de casa e vi meu filho passando droga para um adolescente. Depois disso, ele foi preso. Na hora decidi fazer meu sacrifício e pedi para Deus ‘ou mata ele ou o transforme em um homem do Senhor.’”

Ela vendeu tudo o que tinha em casa e colocou no Altar. “Economizei e, literalmente, dei meu tudo a Deus. No papel escrevi um único pedido: a transformação do meu filho. Depois da entrega do voto, desci com a certeza de que o milagre aconteceria”, diz.

Nas visitas ao presídio, ela levava o jornal Folha Universal para o filho e seguia firme em oração. “A realização do meu pedido ainda não tinha acontecido, mas eu estava certa de que o Espírito Santo iria agir na mente, no coração e no espírito dele”, acrescenta.

A importância da fé

Mara explica que a transformação de Luciano não aconteceu do dia para a noite. Ao contrário, o comportamento do filho começou a piorar. “Ele continuava agressivo com as palavras, brigava, ofendia. Em vez de lamentar, eu seguia firme na fé por ele. Eu aprendi no Altar que precisava continuar crendo, mesmo que meus olhos estivessem vendo o contrário, porque Deus agiria na hora certa”, diz.

Após alguns meses, Luciano saiu da cadeia e disse que estava decidido a largar o tráfico. “Certo dia, ele chegou em casa com um monte de dinheiro e chorando. Ele me pediu para não desistir, porque queria largar a vida de drogas, roubos e agressividade. Nessa hora vi que meu sacrifício havia sido perfeito para Deus.”

Luciano afirma que sua mudança começou enquanto estava preso. Ele contou que fez um pacto com Deus ao ouvir os programas da Rede Aleluia e ler a Folha Universal. “Eu orava constantemente assim: ‘Meu Deus, se o Senhor me tirar daqui sem ser julgado e sem ser condenado, eu nunca mais irei traficar, assaltar e fazer mais nada de errado.”

Nessa época, Luciano começou a frequentar a Universal com a mãe. Alguns anos se passaram e hoje ele está casado, tem quatro filhos e trabalha como comerciante. “Meu filho é obreiro na Universal e vice-líder da evangelização na sua região. Posso dizer que ele é um homem de Deus”, diz Mara, orgulhosa. Ela também é obreira e voluntária no grupo Universal nos
Presídios (UNP).

A resposta nem sempre é imediata

Mara revela que o segredo da Fogueira Santa é, em primeiro lugar, entregar verdadeiramente a vida no Altar. Em segundo, não esperar por uma resposta imediata. “Eu só venci porque acreditei, mesmo quando tudo parecia que não ia dar certo. Eu permaneci e essa é a verdadeira fé, aquela que acredita na resposta, mesmo quando os olhos veem o contrário do que se espera”, completa.

Há quem espere que a realização do seu voto aconteça na descida do Altar e, se não acontece, logo desanima. Por isso, o bispo Júlio Freitas explica que é preciso combater os sintomas que aparecem depois da Fogueira Santa. “Neste caso, é sabido que o diabo, por não poder cancelar o sacrifício nem derrubar a pessoa, tenta sacudí-la. O familiar vem questionar, a pessoa é demitida, o empresário perde clientes, os amigos fazem pouco dela, a apatia ganha espaço”, detalha.

Ele diz que é nessa hora que é preciso perseverar, porque esse sinal negativo é, na verdade, a revelação de que a resposta está próxima. “Antes de uma grande realização, existe um grande teste. Antes de uma grande conquista, existe uma grande prova. Se você se identificou com um ou mais dos argumentos acima, então, alegre o seu coração, porque o seu testemunho não tardará”, conclui.

Em toda a Universal, há a preparação para a Fogueira Santa, um evento especial para pessoas que desejam conhecer o poder Deus e ter as bênçãos dEle em suas vidas.

Se você deseja conquistar uma vida de sucesso, completa, e realizada, participe de um dos encontros diários em uma Universal mais próxima de sua casa (veja o endereço aqui) e saiba como participar desse momento que vai transformar a sua vida. Não dependa de ninguém, dependa apenas de si próprio e de Deus.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Ana Carolina Cury / Foto: Cedida 


reportar erro