Notícias | - 2:05 am


O homem não é capaz de fazer tudo sozinho3 min read

Última palestra do ano do IntelliMen trata de um tema bem polêmico

O homem não é capaz  de fazer tudo sozinho3 min read

O homem não é capaz  de fazer tudo sozinho“Deus nos dá na história de Jacó e de seu irmão, Esaú, um contraste de dois tipos de homem: o cheio de si e aquele que se acha inferior, que não se acha capaz, que não se acha sortudo, que acha que para ser alguém na vida tem que ‘dar um jeitinho’. Esse é Jacó”, explicou o palestrante Renato Cardoso (foto ao lado) durante a última palestra do ano do Projeto IntelliMen, realizada no dia 3 de dezembro. Durante o encontro, que ocorreu no Templo de Salomão, na zona leste da capital paulista, Cardoso mostrou aos participantes os exemplos dos comportamentos dos dois irmãos, relatados na Bíblia.

Esses dois homens foram pessoas afastadas de Deus. Eles confiavam apenas em si mesmos para resolver todos os problemas que surgiam. Esaú acreditava que era autossuficiente e, de acordo com Cardoso, esse é um sentimento muito perigoso.

“Para esses ‘Esaús’ há pouca chance. A não ser que eles se humilhem, a não ser que eles reconheçam que não são nada. é difícil, mas acontece. Deus não pode ajudar uma pessoa que está cheia de si porque quem está cheia de si não tem espaço para Deus”, alertou Cardoso.

O homem não é capaz de vencer todos os obstáculos sozinho, mas Deus se dispõe a ajudá-lo. Entretanto, é preciso primeiro reconhecer que necessita dessa ajuda e, depois, solicitá-la a Deus.

Já os homens que se assemelham a Jacó portam-se de outra maneira. Eles não acreditam na própria capacidade de resolver um problema, mas buscam sempre “dar um jeitinho”. Em vez de buscarem diretamente a Deus, procuram com suas habilidades uma forma de se dar bem em diversas situações.

Conforme analisou Cardoso, para Jacó “o Altar não era uma opção. Ele não confiava em Deus 100%, ele não colocava a vida dele na dependência de Deus. Para ele, para que as coisas acontecessem, ele tinha que ‘dar um jeito’”.

E é por isso que até os 60 anos Jacó não foi capaz de superar seus obstáculos. Apenas quando ele encontrou Deus e teve seu nome trocado é que sua vida foi transformada. Até então, Jacó dizia que acreditava em Deus, mas só em última circunstância. Pessoas como ele podem até pedir ajuda ao Criador, mas sempre querem ter “outras cartas na manga”, para o caso de Deus falhar.

Quando alguém elabora planos “para o caso de Deus falhar”, essa pessoa está ofendendo Aquele que Tudo Pode. Ela não está acreditando em Seu poder verdadeiramente e aí não há como Ele ajudá-la.

E, você, se parece com Esaú ou com Jacó? Reflita e responda essa pergunta sinceramente para si mesmo. Se estiver confiando mais em você do que em Deus ou se entregando a Ele apenas em parte, é hora de mudar seu comportamento.“Quando você coloca todas as suas forças somente no Altar, sua vida passa a ser 100% de Deus. E ali é que Deus tem liberdade de trabalhar na sua vida e transformar sua história”, concluiu o palestrante.

Hoje em dia o respeito é fundamental para que haja um bom relacionamento interpessoal. Se você é homem e deseja mudar suas atitudes, a hora é agora. Participe do projeto Intellimen e aprenda como ser um homem melhor. Para mas informações sobre o grupo clique aqui.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Andre Batista / Fotos: Fotolia 


reportar erro