Notícias | - 4:50 pm


O coração dela parou de bater por 20 minutos5 min read

Saiba como os pais de Manuela Santos usaram a fé em Deus e alcançaram o milagre da vida.

O coração dela parou de bater por 20 minutos

A filha do Casal Larissa Parra e Felipe Santos teve uma arritmia cardíaca e seu coração parou de bater por 20 minutos. Conheça a história dessa família.

O casal de empresários Larissa Cristina de Siqueira Parra, de 23 anos, e Felipe Mota Santos, de 22 anos, estavam muito feliz com a chegada de Manuela Siqueira Santos. Ela nasceu saudável, mas, aos 4 meses, foi diagnosticada com arritmia cardíaca.

Seus batimentos cardíacos estavam muito acelerados e fora do normal. De acordo com os médicos que a avaliaram, seus batimentos deveriam estar entre 120 e 130 por minuto, porém estavam em 260 batimentos por minuto.

Assim começou um drama na vida da família. A criança foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e passou a ter seus batimentos cardíacos monitorados e controlados por meio de forte medicação. O caso dela era considerado grave.

A FÉ EM MEIO AO DESESPERO

O coração dela parou de bater por 20 minutosCom a internação de Manuela, seus pais se viram sem saber o que fazer. Larissa ficou o tempo todo no hospital ao lado da filha. A família de Felipe frequentava a Universal e sempre o chamava para participar de reuniões, mas ele recusava os convites.

Em meio à aflição de ver a filha naquela situação, ele aceitou ir com o irmão a uma reunião na Universal. Felipe diz que desde a primeira reunião que participou teve sua fé despertada e a certeza de que a filha seria curada. “Eu peguei firme na corrente e obedeci ao que era ensinado. Tudo que o pastor falava vinha ao encontro da minha situação. Usei a minha fé. Levava peças de roupas dela, levava a água que era consagrada na reunião e dava um pouco para ela. A certeza da cura só crescia dentro de mim.”

A fé de Felipe contagiou Larissa. Ela conta que ele falava da corrente e das mensagens de fé que ouvia na igreja. “Ele trazia a água consagrada e dava para a nossa filha e para mim e dizia que era para que Deus me desse forças. Passei a crer e a pedir para que Deus fizesse o milagre”, pontuou.

Após 22 dias de internação, o quadro de Manuela se agravou e ela teve três paradas cardíacas. “O médico veio falar comigo e pediu desculpas porque a Manu estava há 20 minutos sem batimento cardíaco, o cérebro e o pulmão também tinham parado. Ele disse que tinha feito o possível, mas não obteve resposta. Minha filha estava morta. Eu pedi que ele tentasse mais uma vez e lhe dei as costas”, recordou.

Em choque com a notícia, Larissa ligou para Felipe e pediu para que ele fosse urgentemente para o hospital. Ela não falou do falecimento da criança, mas disse que ela havia piorado.

“Ela me ligou, eu até queria ir para lá e sabia que minha filha estava entubada, mas fui buscar ajuda de quem podia nos ajudar. Fui para a igreja e pedi para que Deus fizesse o milagre naquele dia. Ali tive a plena certeza de que ela ficaria bem”, disse.

O DEUS DO AGORA

Ao chegar na UTI, eles viram a filha viva, depois de uma nova tentativa de reanimação. Contudo os médicos alertaram que havia chances dela ter sequelas pelo tempo que esteve sem sinais de vida. Larissa e Felipe mais uma vez creram no milagre e depois de quatro dias levaram Manuela para casa e sem sequelas.

Eles seguem firmes e usam a fé no Deus do Impossível em favor da família. “É algo sem explicação. Nosso milagre veio de Deus. Vamos seguir e a Manuela vai crescer nessa fé, porque tenho certeza que Deus tem um grande plano para ela”, concluiu Larissa.

O QUE SÃO ARRITMIAS CARDÍACAS ?

Segundo a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (Sobrac), são alterações que ocorrem na geração ou na condução do estímulo elétrico que provocam mudanças do ritmo cardíaco. A frequência e o ritmo do coração variam ao longo do dia conforme a necessidade de oxigênio no organismo. A função do coração é bombear o sangue oxigenado pelos pulmões para todas as células do corpo.

As arritmias podem ser de dois tipos: taquicardia, quando o coração bate rápido demais; e bradicardia, quando as batidas são muito lentas e em descompasso e com pulsação irregular.

Ainda de acordo com a Sobrac, quando não diagnosticado e tratado corretamente, o problema pode provocar parada cardíaca, doenças no coração e morte súbita.

Os sintomas mais comuns são palpitações, desmaios, tonturas, confusão mental, fraqueza, pressão baixa e dor no peito.

Algumas arritmias cardíacas não apresentam sintomas. Nesses casos, os riscos de parada cardíaca e de morte súbita podem aumentar.

A Sobrac alerta que qualquer pessoa está sujeita a arritmias cardíacas, independentemente de faixa etária ou sexo, inclusive recém-nascidos e atletas. Choques elétricos são aplicados no peito para reverter casos de morte súbita.

Contudo poucas tentativas de ressuscitação são bem-sucedidas após 10 minutos e, a partir de 3 minutos, o cérebro já começa a sofrer danos. Por isso, o socorro e o atendimento precisam ocorrer rapidamente.

USE A SUA FÉ!

O tratamento da água com a gota do milagre é realizado aos domingos em todas as igrejas Universal. 

Acredite, para Deus nada é impossível!

gota do milagre

Encontra uma Universal mais perto de você. 


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação  


reportar erro