Notícias | - 3:05 am


Não seja casmurrão4 min read

Saiba o que atitudes como essa podem lhe custar

Não seja casmurrão4 min read

Não é novidade para ninguém que o homem pode se ver diante de sérias crises ao longo de sua vida. Embora muitos deles façam questão de fechar os olhos aos primeiros sinais de que algum problema está acontecendo, como forma de tentar negá-lo e seguir adiante, nem sempre essa é a melhor solução. Na verdade, quase nunca é. Mas, antes de falarmos de soluções, vamos falar de um problema que atinge muitos homens e que se enquadra perfeitamente como um exemplo de crise a que muitos de nós estamos sujeitos.

Se você já leu o livro Dom Casmurro, escrito por Machado de Assis, sabe do que estou falando. Se ainda não, saiba que o personagem principal, criado pelo escritor há mais de 100 anos, já se enquadrava em um perfil que até hoje está presente entre os homens. Para não dar “spoiler” em quem ainda não leu o livro, não vamos falar aqui do que levou o personagem a ter essas características nem da história. Contudo, vamos nos ater apenas ao perfil do personagem. Bentinho recebeu o apelido de Dom Casmurro por ser muito fechado e ter hábitos reclusos, era pouco afável com os outros e tornou-se um mal-humorado de marca maior, o que o afastou de todas as pessoas em sua vida.

Quem é mais tímido ou mais fechado não me entenda mal . Peço apenas que faça um exercício de imaginação e traga esse personagem para os dias de hoje. é muito fácil: procure pensar nas relações dele com outras pessoas. Alguém bravo, com atitudes intolerantes, por consequência antipático, e que sempre acha que os outros não prestam e que faz questão de enfatizar que todos são falsos, com certeza, vai ter vários problemas de relacionamento. E este é ponto-chave da nossa conversa. Caso não saiba, todo mundo precisa de todo mundo. A vida prossegue pela interação entre as pessoas. Alguém que cada vez mais distrata os colegas de trabalho e não é cortês vai se tornar, inevitavelmente, uma ilha que, infelizmente, ninguém quer visitar.

Parece algo engraçado, mas não é. Se você tem esse perfil é preciso ficar atento com suas relações no trabalho, entre amigos e na família.

No casamento, por exemplo, a falta de gentileza gera distância e ela aumenta gradativamente entre o casal. As conversas diminuem e os momentos íntimos se tornam frios e cada vez mais esporádicos. Pode ter certeza.

Eu sei que muitos vão dizer que o homem é mais calado, mais introspectivo, mais fechado e que muitas vezes age dessa forma porque se preocupa com os problemas. Há realmente homens que são assim e ninguém tem que ficar por aí falando da sua vida com os outros. Entretanto, é preciso reconhecer quando essa atitude começa a atrapalhar as suas relações. Não se trata de uma fórmula secreta para a manutenção do relacionamento, mas sim de um entendimento básico para que juntos, homem e mulher, enfrentem os problemas da vida. é conversando que as pessoas se entendem. é fato.

é claro que só mudar a linguagem no tratamento com os demais e ser gentil com os outros ou com a esposa não vai resolver o problema. Não. Existem outras mudanças que são necessárias e que só acontecem a partir do momento que você sinceramente toma consciência de que o problema existe, de que pode fazer algo para resolvê-lo e que verdadeiramente faz o que é necessário, pois disso depende a sobrevivência de sua relação. Enfim, ninguém quer acabar sozinho como Dom Casmurro. Opa! Soltei um spoiler, mas acho que você já tinha percebido que terminaria assim, afinal quem possui um temperamento que ninguém suporta, é mal-humorado e pratica atitudes que somente o afastam das outras pessoas só pode terminar assim. Portanto, lembre-se: vale a pena rever os conceitos sempre quando se quer mudar para melhor. Fica a dica enquanto é tempo.

Mude

Você quer deixar de ser uma pessoa ciumenta, emotiva, pavio curto? Quer deixar as brigas de casal, as pisadas de bola que você deu neste ano com seu marido ou esposa? Primeiro, identifique o que você quer jogar fora de sua vida, os velhos e maus hábitos, a mentira, a raiva, o temperamento ruim, os antigos vícios. Veja algumas ideias em clicando aqui.

Hoje em dia o respeito é fundamental para que haja um bom relacionamento interpessoal. Se você é homem e deseja mudar suas atitudes, a hora é agora. Participe do projeto Intellimen e aprenda como ser um homem melhor. Para mas informações sobre o grupo clique aqui.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Eduardo Prestes / Foto: Fotolia 


reportar erro