Notícias | - 12:05 am


Na luta contra o Aedes aegypti2 min read

Voluntários da Universal em Arujá saem às ruas para alertar sobre o perigo da proliferação do mosquito

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Arujá, cidade que fica na Região Metropolitana de São Paulo, foram registrados 280 casos de dengue em 2015.

O ano de 2016 ainda não acabou, mas apenas 21 casos foram apontados, o que representa uma queda de aproximadamente 92,5%. Isso se deve, de acordo com a secretaria, ao intenso trabalho que agentes de saúde vêm realizando no município.
Para contribuir com a redução das estatísticas, 40 integrantes do grupo Força Jovem Universal (FJU) de Arujá saíram às ruas do bairro Rodrigo Barreto para alertar a população local sobre o perigo da proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus.

Acompanhados de agentes de saúde, os voluntários distribuíram mais de mil panfletos informativos com orientações de como prevenir a formação de criadouros e também colocaram cerca de 200 cartazes com mensagens sobre o tema em comércios da região. A ação foi realizada no dia 25 de novembro.

“Se cada um fizer a sua parte, todos nós contribuiremos juntos com o enfrentamento dessas doenças, ajudando o Brasil nessa importante questão de saúde pública”, declarou o pastor André Luiz, responsável pelo FJU local.

Se você é morador do município de Arujá e também deseja combater o Aedes aegypti, ligue para o disque saúde: 4652-1079 / 4653-3535, informando sobre possíveis criadouros do mosquito. Ou envie um e-mail para saude.visa@aruja.sp.gov.br.

(*) Com informações do FJU Arujá

A Universal mantém diversos projetos sociais e, por meio de seus voluntários, atua em vários setores da sociedade, com o objetivo de levar auxílio emocional, psicológico, material e, sobretudo, espiritual aos que necessitam, em asilos, orfanatos, hospitais, presídios, comunidades, entre outros locais.

Clique nos links abaixo e conheça alguns desses projetos:

Projeto Raabe (Auxílio a mulheres vítimas de violência doméstica)

Projeto T-Amar (Apoio a adolescentes grávidas e mães solteiras)

Projeto Ler e escrever (Alfabetização de jovens e adultos)

Anjos da madrugada (Ajuda a moradores de rua)

A Gente da comunidade (Ações sociais em comunidades)

Grupo Calebe (Incentivo e auxílio a idosos)

Força Jovem (Ações com os jovens)

Identificou-se com algum desses projetos? Então não perca mais tempo, procure uma Universal mais próxima e obtenha informações de como se tornar um voluntário. Não esqueça: “… Mais bem-aventurado é dar que receber.” Atos 20.35


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Da Redação / Fotos: Mídia FJU/Arujá 


reportar erro