Notícias | - 12:05 am


Mulheres de fé3 min read

Conheça o trabalho do grupo AMC, que faz a diferença por onde passa

Mulheres de fé3 min read

Um grupo de mulheres chama atenção quando se reúne. Suas integrantes compartilham o esforço e a dedicação para ajudar quem precisa. Elas integram a Associação de Mulheres Cristãs (AMC), que promove diversas ações sociais e que se reúne periodicamente para fazer a diferença em diversas instituições sociais. A Associação Brasileira de Assistência e Desenvolvimento Social (Abads), o asilo O Raiar do Sol, a Casa Betinho, o Lar do Menor e a Fazendo Nova Canaã são algumas delas.

Além desses espaços, o trabalho realizado pelas voluntárias também alcança mulheres que visitam seus familiares em algumas penitenciárias de São Paulo.

Fundada há oito anos, a associação é aberta para todas as pessoas que desejam se tornar voluntárias, independentemente de serem integrantes da Universal ou não. Ou seja, todos são bem-vindos. Quem explica é Patrícia Costa, atual presidente da associação: “é um grupo bem diversificado em que participam desde jovens, esposas e mães até empresárias”, completa.

Valor ao próximo

Lucinea Mendes Reis da Silva é voluntária da AMC desde o começo do projeto. Ela lembra que o convite para integrar o time veio por meio da cantora Isis Regina, que estava à frente do trabalho à época. “Foi ela que me convidou para a fazer a diferença na vida das pessoas”, recorda.

“Os lugares que recebem a visita da AMC sentem o verdadeiro significado do amor ao próximo. Todos pedem para que retornemos o quanto antes. Cada voluntária sempre vai com um objetivo único: valorizar o ser humano que ali está. A AMC valoriza a vida do próximo”, completa Lucinea.

Hoje, Lucinea é a responsável pelo trabalho realizado no Lar do Menor, abrigo de crianças de diversas faixas etárias. “Realizamos dinâmicas e interagimos com elas. Fazemos o trabalho lá há oito anos. Vimos aquelas crianças crescerem e muitas serem adotadas. Algumas passaram por situações difíceis, sofreram abuso ou maus-tratos por parte dos familiares. A gente acompanha, leva fé, amor, carinho e esperança.”

Não tem preço

A voluntária reforça as palavras da presidente: “depois que entrei na AMC, eu aprendi muito. E continuo aprendendo com cada colega, com cada voluntária que se tornou amiga. O grupo abriu a nossa visão e mostrou como lidar com o ser humano, ajudá-lo e valorizá-lo. Quando a gente faz o bem, o bem também nos alcança”, completa.

Para conferir a proposta do grupo, basta acompanhar as atualizações no mulherescristas.org.br ou pelo site do R7.

A Universal mantém diversos projetos sociais e, por meio de seus voluntários, atua em vários setores da sociedade, com o objetivo de levar auxílio emocional, psicológico, material e, sobretudo, espiritual aos que necessitam, em asilos, orfanatos, hospitais, presídios, comunidades, entre outros locais.

Clique nos links abaixo e conheça alguns desses projetos:

Projeto Raabe (Auxílio a mulheres vítimas de violência doméstica)

Projeto T-Amar (Apoio a adolescentes grávidas e mães solteiras)

Projeto Ler e escrever (Alfabetização de jovens e adultos)

Anjos da madrugada (Ajuda a moradores de rua)

A Gente da comunidade (Ações sociais em comunidades)

Grupo Calebe (Incentivo e auxílio a idosos)

Força Jovem (Ações com os jovens)

Identificou-se com algum desses projetos? Então não perca mais tempo, procure uma Universal mais próxima e obtenha informações de como se tornar um voluntário. Não esqueça: “… Mais bem-aventurado é dar que receber.” Atos 20.35


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Flavia Francellino / Foto: Cedida 


reportar erro