Notícias | - 2:05 am


Magali chegou a pensar em tomar remédios para acabar com sua própria vida2 min read

Em abril de 2011, ela teve a oportunidade de participar de seu primeiro Jejum de Daniel. Saiba o que mudou

O Jejum de Daniel, que começou no dia 25 de janeiro e se encerrará em 14 de fevereiro, tem sido a oportunidade que pessoas de todas as partes do País e do mundo estão buscando para receber o que tanto precisam: o Espírito Santo.

A exemplo de Magali Araújo, de 50 anos, que participou de uma das edições desse propósito. Ela conta que era uma pessoa fútil, volúvel e que acredita em tudo e em todos, menos em Deus. Em decorrência desse comportamento, ela seguiu por vários caminhos.

“Eu cantava na noite e era como se fosse a fonte onde eu ia com muita sede, para buscar alegria e as respostas para os meus questionamentos, e não encontrava. Eu voltava para casa mais angustiada e triste. Às vezes, até embriagada”, lembra Magali.

Em um determinado dia, passou pela mente dela tomar alguns comprimidos para acabar com tudo. “Nessa época, uma amiga me fez o convite para conhecer o trabalho da Igreja e, na verdade, Deus”, conta Magali. Segundo ela, as palavras ouvidas durante as reuniões a confortavam e fez com que se sentisse uma criança no colo de sua mãe.

Até que, em abril de 2011, ela teve a oportunidade de participar de seu primeiro Jejum de Daniel. “Eu fui mais à Igreja, meditei mais na Palavra e chegou o grande dia”, descreve Magali. Hoje, a alegria que ela sente é verdadeira.

Assista ao vídeo abaixo e entenda como foi possível ela receber o Espírito Santo:

Durante este propósito, participe das reuniões diárias que acontecem na Universal. Clique aqui e localize o endereço de uma Igreja mais próxima de sua casa. Você ainda pode falar agora mesmo com um Pastor Online.

Você já participou de alguma das edições do Jejum de Daniel? Deixe o seu comentário abaixo, com suas experiências e, assim, ajude outras pessoas com o seu testemunho.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Débora Picelli / Foto: Reprodução 


reportar erro