Notícias | - 3:00 am


Histórias bíblicas quebram recordes de audiência no exterior3 min read

Os Dez Mandamentos e José do Egito se destacam em países da Ibero-América e nos Estados Unidos

Histórias bíblicas quebram recordes de audiência no exterior3 min read

Com sucesso absoluto de audiência em 2016 e 2017, o longa-metragem Os Dez Mandamentos e a minissérie José de Egito deixaram a marca da Record TV no cenário mundial pela qualidade da sua teledramaturgia.

Segundo estudo realizado pela Casa da América, em Madri, em colaboração com as Fundações Euroamerica e Ortega-Marañon, Os Dez Mandamentos foi o filme mais assistido em 2016 em 22 países da região da Ibero-América – compreendida por territórios onde o português ou espanhol são as línguas predominantes.

O Brasil lidera o ranking dos mais vistos com Os Dez Mandamentos, que teve 11,35 milhões de espectadores.

Participaram do estudo Argentina Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Os brasileiros foram os que mais consumiram cinema nacional em 2016, com 33,62 milhões de espectadores.

Longa-metragem

Histórias bíblicas quebram recordes de audiência no exteriorIdentificar o motivo principal do sucesso não é difícil. Talvez foram as cenas marcantes nas pragas do Egito ou a abertura do Mar Vermelho ou a qualidade dos seus efeitos especiais. A história bíblica quebrou recordes desde sua pré-venda até o lançamento.

Sob direção de Alexandre Avancini, o filme é líder na Ibero-América, já foi exibido em 1.100 salas de cinema e atravessou as fronteiras rumo a Argentina, Bolívia, Uruguai e Coreia do Sul.

Na Coreia do Sul foram vendidos mais de 14 mil ingressos para 93 telas. Na Argentina, ganhou 477 mil espectadores e se tornou o filme brasileiro mais visto no país. Em breve, continuará sua trajetória na Colômbia, Paraguai, Peru, Equador, México e mais 14 países.

Mas a história que reviveu o êxodo dos hebreus não se limita à fama, seu impacto social também é abrangente.

Com apoio da Universal, o filme chegou a presídios, como o Doutor Antônio Souza Neto (São Paulo) e o Conjunto Penal de Feira de Santana (Bahia); a hospitais e comunidades distantes no Norte do País, onde as pessoas atravessaram o Rio Amazonas de barco só para assisti-lo.

Caráter e virtude

Histórias bíblicas quebram recordes de audiência no exteriorNos Estados Unidos, outra produção da Record TV também se destacou, conquistando 2,2 milhões de telespectadores e liderando os canais hispânicos: a minissérie José do Egito transmitida pela Univisión. No ranking global norte-americano, a emissora superou os importantes canais ABC e The CW graças à produção brasileira.

José do Egito, produzida em 2013, também tem direção-geral de Alexandre Avancini.

A minissérie teve um investimento de R$ 25 milhões e foi rodada em cidades como Madre de Deus de Minas (Minas Gerais), no Deserto de Atacama (Chile) e Rio de Janeiro. A história do filho de Jacó, rica em detalhes, deixa entrever o caráter virtuoso e justo do jovem que foi vendido como escravo pelos irmãos e que se tornou governador do Egito.

Os milhões de espectadores no mundo são suficientes para comprovar que não há limites para o talento e a qualidade da dramaturgia e produção da Record TV.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Katherine Rivas / Fotos: Divulgação Record TV 


reportar erro