Notícias | - 12:05 am


Heróis da vida real no Templo4 min read

Atletas e artistas realizaram o Passeio Bíblico

Heróis da vida real no Templo4 min read

No começo de dezembro, um seleto grupo de celebridades da mídia e do esporte visitou o Templo de Salomão para realizar o Passeio Bíblico a convite do esportista e pastor Jean Madeira.

Entre os visitantes estavam o ator Alexandre Frota; o judoca medalhista olímpico Henrique Guimarães; o técnico da seleção brasileira de boxe, Claudio Aires; o presidente da Federação Paulista de Muay Thai, Mestre Xandão; e a atleta Soraia André, campeã brasileira de judô por 10 vezes e pioneira nesta luta, com títulos nacionais e internacionais.

O guia Luan Vilvert, caracterizado como um sumo sacerdote da época bíblica, conduziu os visitantes pelas dependências do complexo do Brás, começando pela réplica do Tabernáculo, passando pelo Jardim Bíblico, o Memorial do Templo, a Esplanada e, finalmente, o próprio Santuário.

Também estiveram presentes o judoca Daniel Hernandes, medalhista no Pan-Americano de 2003, e seu colega de tatame Henrique Guimarães, medalhista olímpico; o presidente da Confederação Brasileira Paradesportiva de Jiu-Jítsu, Ricardo Dembowski; Rogério Ferroni, o “Capitão América brasileiro” do grupo Heróis do Bem; o sensei (mestre) Caio Gabriel, dos Judocas de Cristo; e o árbitro de futebol Sandro Ricci.

O ator Alexandre Frota, bastante participativo, não escondia o entusiasmo e a perplexidade. “Sempre quis vir desde a inauguração e agora tive a oportunidade. Fiquei muito impressionado com a qualidade, o requinte e principalmente com a paz de espírito que senti desde os primeiros minutos que cheguei aqui. Achei fantástico, sensacional e carregado com uma energia muito boa que emana de todos os lugares pelos quais passamos”, declarou.

Frota deixou claro que a experiência iria muito além dos portões do Templo e aproveitou para fazer um convite. “Aqui você se sente realmente filho de Deus. Peço que as pessoas venham até aqui com suas famílias, pois ganharão tempo em suas vidas. é muito importante, não importa qual seja a sua religião. Venham sentir o que eu senti aqui. Voltarei e trarei meu filho, que tem 9 anos”, disse.

Além dos visitantes já citados, também compareceram o casal de senseis Gilberto e Isabel de Freitas, atletas da Academia de Judô Pissarra/Mairiporã; o sensei judoca Flavio Ardito; e atletas de várias modalidades dos Centros de Excelência Esportiva do Estado de São Paulo.

Paz de espírito e grandiosidade

O boxeador Claudio Aires, visivelmente impressionado com tudo o que via e aprendia, destacou que o Templo é um lugar onde os visitantes podem se sentir bem, independentemente de religião, e que podem “passar um pouco por aquilo que o povo hebreu viveu” e aprender bastante. “Esse lugar traz uma coisa muito boa, é maravilhoso. Tudo chama atenção, desde a entrada até a oportunidade de ouvir os pastores falarem. é importante ter um pouco mais de conhecimento, tudo aqui é um aprendizado. Durante o passeio você aprende cada vez mais”, completou.

O judoca Henrique Guimarães revelou não saber antes que o Templo era aberto ao público e que desejava conhecê-lo há algum tempo. Ele se impressionou com o que viu. “Nunca vi um lugar como o Templo de Salomão, mesmo já tendo conhecido mais de 40 países representando o Brasil no judô. O Bispo Edir Macedo vai deixar um legado. Daqui a 100 anos vão ouvir falar dele, que teve uma visão gigantesca”, disse o judoca.

A importância da comunhão

O representante comercial Rogério Ferroni, de São Paulo, integra o grupo Heróis do Bem, em que voluntários se fantasiam de famosos personagens dos quadrinhos e do cinema para visitar crianças que enfrentam problemas de saúde, como câncer, ou possuem necessidades especiais. Ele, que se fantasia de Capitão América – ao lado de companheiros como Batman, Superman, Homem de Ferro, Mulher Maravilha –, se mostrava muito grato pela visita. “O que mais chamou a minha atenção foi que, ao entrarmos por aquela porta (a do Santuário), a paz foi tão grande que nem parecia que estávamos neste mundo aqui de fora. Eu já passava de carro aqui em frente, ficava impressionado, mas, mesmo assim, não imaginava o quanto tudo é grandioso. Sempre recomendarei a todos que façam essa visita”, disse o “herói” da vida real.

O atleta Ricardo Dembowski, liderança no jiu-jítsu, ressaltou a certeza de que estamos em comunhão com alguém muito superior. “O verdadeiro valor da visita não está na aparência do local, mas em perceber a presença de Deus e a vontade de uma reconciliação com Ele, que está aberto a nos ouvir aqui”.

Para Dembowski, tudo no Templo é muito bonito fisicamente. “Mas o local é mais importante que isso, pois nos leva à comunhão e à reverência ao Pai, independentemente de religião ou qualquer outra coisa humana que nos afaste dEle.”

Colaborou: Cauê Frota

Veja as novas instruções para participação nas reuniões do Templo de Salomão clicando aqui. Para obter outras informações, você também pode entrar em contato com a Central de Informações do Templo de Salomão: (11) 3573-3535 ou info@otemplodesalomao.com.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Marcelo Rangel / Fotos: Erik Teixeira 


reportar erro