Notícias | - 3:00 am


Guarda-roupa descomplicado para o dia a dia3 min read

O que vestir para ir ao trabalho? A escolha pode ser mais fácil e simples do que você imagina

Guarda-roupa descomplicado para o dia a dia3 min read

Você entra em desespero quando não encontra no guarda-roupa a peça adequada para se vestir? Quem nunca passou pela situação de achar que nada é bom o suficiente ou que nenhuma roupa é interessante para compor um visual agradável?

Isso é normal, afinal, o que vestimos diz muito sobre nossa personalidade e impacta diretamente a maneira como os outros nos percebem. “As roupas têm o poder de comunicar e são elementos estratégicos para causar uma boa primeira impressão”, diz a estilista Caroline Vilhena, de São Paulo.

Qual é a solução?

Trocar o guarda-roupa inteiro é o que passa pela cabeça de quase todas as mulheres, mas não é preciso renovar tudo para se apresentar adequadamente. é importante saber usar e adaptar as peças que você já tem, de acordo com o que a ocasião ou o lugar pedem. Afinal, cada um deles exige que o profissional se encaixe em um dress code (uma espécie de manual para orientar a pessoa a se vestir de forma satisfatória, de acordo com o ambiente e a situação).

O segredo para não errar no local de trabalho, segundo a estilista, é saber exatamente o que pode e o que não pode ser usado nele. “é preciso usar a criatividade dentro das possibilidades oferecidas”, orienta.

Mas atender às exigências do anbiente de trabalho não significa abrir mão do seu estilo pessoal. “Quem se adapta a essas normas se destaca, mas quem consegue fazer isso sem perder a própria personalidade, levando um pouco de si para o visual, se evidencia ainda mais”, afirma.

Por isso, a dica é adaptar suas preferências ao código de vestimenta do mundo corporativo. “Você pode apostar em cores, tecidos e padronagens de que mais gosta e, a partir daí, criar seus looks”, diz.

Para fugir das gafes

Vale lembrar sempre de que a regra é o bom senso. Aquela camisa que deixa a barriguinha de fora, saias curtas, camisas de time e maquiagem chamativa não devem fazer parte do look. Fora isso, uma sugestão para não errar é avaliar as peças escolhidas antes de se vestir. “Essa roupa está séria ou divertida demais? Está muito longa ou muito curta? O que quero comunicar com ela? O que eu diria se visse alguém com essa roupa no escritório? Essas perguntas a ajudarão a encontrar o estilo ideal.”

Ambientes formais, como escritórios, pedem looks mais sóbrios. Peças de alfaiataria e saias que fiquem dois dedos acima ou abaixo dos joelhos são boas pedidas.

Camisas e blusas com babados espalhafatosos, transparências, jeans e calças muito apertadas, decotes e ombros à mostra devem ficar de fora.

Em compensação, ambientes mais descontraídos, como agências de publicidade, de comunicação e moda, permitem um pouco mais de ousadia fashion. Looks com pegada mais casual podem ser usados com maior liberdade, mas sem exageros.

Otimização

E como facilitar as escolhas do dia a dia? Com organização! Deixe visível no armário as peças que se adaptam melhor à ocasião e teste novas combinações – que tal ressuscitar as peças encalhadas no armário?

Caroline recomenda ainda usar lenço no pescoço (que tal novas amarrações?), calça com tecido ou corte diferenciados, casaco com botões diferentes e até acessórios. Vale usar a criatividade para garantir um up no visual.

A reunião do Godllywood Autoajuda acontece a cada três meses, no primeiro sábado do mês, às 18 horas, no Templo de Salomão. Se você, mulher, deseja saber das próximas datas, conhecer mais sobre o Godllywood e os projetos que ele apoia, siga-o nas redes sociais e acompanhe as publicações e novidades do grupo. Instagram: godllywoodoficial, Facebook e Twitter: @godllywood


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Flavia Francellino / Foto: Fotolia 


reportar erro