Notícias | - 5:00 pm


“Fiz da gota do milagre o meu remédio”4 min read

Ana Lúcia sofreu um infarto e ficou entre a vida e a morte.

“Fiz da gota do milagre o meu remédio”

tratamento da água com a gota do milagre é feito aos domingos em todas as Igrejas Universal, orações são realizadas em favor da saúde física e espiritual, é através da fé que o tratamento trás a resposta, foi o caso de Ana Lúcia.

Ana Lúcia Oliveira da Silva, de 60 anos, sempre cuidou da saúde e por isso realizava exames periódicos. Em um check-up, no ano de 2014, ela descobriu um problema no coração e foi encaminhada para um cardiologista. Exames mais específicos detectaram que ela sofria de cardiomegalia, uma condição em que o coração aumenta de tamanho e peso. Quando o coração fica muito grande e perde a capacidade de bombear sangue com força suficiente para todo o corpo, provoca sintomas como cansaço intenso e falta de ar. Nos casos mais graves, a cardiomegalia pode levar à insuficiência cardíaca e morte.

Ana também descobriu um quadro de angina instável, uma dor no peito temporária ou uma sensação de pressão que ocorre quando o músculo cardíaco não está recebendo oxigênio suficiente. Diante do diagnóstico, ela precisou passar por um cateterismo.

INTERNAÇÃO

Durante o procedimento, ela sofreu uma parada cardiorrespiratória e precisou fazer uma angioplastia de urgência. Ana conta que ficou em coma por três dias.

Ao receber a informação do caso, a filha dela, Lucilene Oliveira Cardoso de Almeida, de 37 anos, decidiu usar a fé. Ana frequentava a Universal há 20 anos. Naquele momento, ela estava entre a vida e a morte e contou com as orações da filha e dos membros, que fizeram uma corrente de orações no hospital.

No quarto dia de internação, Ana reagiu e não foi mais preciso, utilizar aparelhos para a respiração.

Aquele momento, para ela, foi um verdadeiro milagre. “Os médicos tinham dado o meu caso como perdido. E disseram que se sobrevivesse ficaria com sequelas.”

Ao todo foram 14 dias no hospital. Quando ela teve alta médica, recebeu a orientação de que não poderia fazer esforço físico e que não deveria andar por mais de 50 metros.

Ela passou a fazer o uso da gota do milagre e bebia a água todos os dias, de uma em uma hora.

“Fiz da gota do milagre o meu remédio, não aceitei parar minha vida por conta de um problema de saúde. Agi minha fé e hoje vivo como se nunca tivesse ficado doente.”

Ana faz o acompanhamento anual, mas não tem nenhuma sequela. “Sou muito grata a Deus”, diz.

INFARTOS NO MUNDO

Ana sobreviveu e não entrou para as estatísticas de mortes por consequência de doenças cardiovasculares no mundo. As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo: mais pessoas morrem anualmente por essas enfermidades do que por qualquer outra causa.

Segundo levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 17,5 milhões de pessoas morrem todos os anos de doenças cardiovasculares.

A cada 40 segundos, uma pessoa nos Estados Unidos sofre de ataque cardíaco. Cada minuto, uma pessoa nos Estados Unidos morre
de um problema cardíaco.

O cardiologista e diretor de Promoção de Saúde Cardiovascular da SBC, Fernando Costa, explica: “O infarto nada mais é como a interrupção súbita da oferta de sangue para a região do coração. Na grande maioria das vezes isso se deve a uma obstrução. A depender de onde acontece, pode causar um infarto.”

Quando a artéria está quase obstruída, mas o organismo ainda tem mecanismos para combater e evitar um infarto, ocorre o que se chama de angina instável, que pode evoluir para um infarto, segundo o cardiologista entrevistado.

Ele explica que os fatores de risco são: obesidade, hipertensão, diabetes, colesterol alto e sedentarismo. Entre os sintomas, estão dor no peito, queimação, aperto, dor que irradia para o braço esquerdo (a dor clássica), palidez, sudorese, pressão baixa, e palpitações.

O médico ainda fala que todo infarto pode evoluir para insuficiência cardíaca, uma das principais causas de internação e morte do paciente. Essas doenças podem ser decorrentes de um estilo de vida inadequado.

O especialista finaliza esclarecendo que exames como eletrocardiograma e teste ergométrico devem ser feitos para detectar problemas. Por isso, procurar a ajuda médica e prevenir doenças é indispensável.

SAÚDE RESTAURADA

Você também está passando por um momento difícil e sofrendo com as dores de uma grave doença? Participe do tratamento da água com gota do milagre. Milhares de pessoas já receberam a cura. Sobretudo, provando que o tempo de milagres não acabou.

Se você acredita que esse sofrimento pode ter um fim, compareça! A saber, o tratamento da água acontece aos domingos, em uma Universal mais perto de você.

“Fiz da gota do milagre o meu remédio”

gota do milagre

Encontre uma Universal mais perto de você.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação  


reportar erro