Notícias | - 3:15 am


Filósofo cristão é reconhecido por contribuição intelectual1 min read

Ele mostrou para estudiosos a importância de sua crença

Filósofo cristão é reconhecido por contribuição intelectual1 min read

Alvin Plantinga (foto ao lado), de 84 anos, é doutor pela Universidade de Michigan e Yale, nos Estados Unidos (EUA), e foi professor de filosofia da Universidade de Notre Damme e da Calvin College.

No dia 25 de abril último, ele ganhou o “Prêmio Templeton 2017”, concedido pela Fundação John Templeton, por sua contribuição à filosofia ao longo de sua carreira, mostrando a compatibilidade entre a fé e a filosofia.

Uma das reflexões geradas por ele no meio acadêmico foi a explicação do livre-arbítrio como causa da maldade no mundo, ainda que Deus seja poderoso e bom. Esse ponto de vista foi aceito até mesmo entre defensores do ateísmo, na academia.

De acordo com o presidente da fundação que concedeu o prêmio, Heather Templeton Dill, o cristianismo pode contribuir com as reflexões acadêmicas.

“Alvin Plantinga reconheceu que não só a crença religiosa não entra em conflito com o trabalho filosófico sério, como também que ela poderia fazer contribuições cruciais para resolver problemas perenes na filosofia”, destacou.

Sobre o significado da premiação, o filósofo enfatizou: “Estou honrado em receber o ‘Prêmio Templeton’. O campo da filosofia se transformou ao longo da minha carreira. Se o meu trabalho desempenhou um papel nessa transformação, fico muito satisfeito. Espero que a notícia do prêmio encoraje os jovens filósofos, especialmente aqueles que trazem perspectivas cristãs e teístas para o seu trabalho, para uma maior criatividade, integridade e ousadia.”

A premiação formal ocorrerá em 24 de setembro deste ano, em Chicago, nos EUA.

Compartilhe nas redes sociais.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Daniel Cruz / Foto: Reprodução Closer To Truth/Youtube 


reportar erro