Notícias | - 12:05 am


Faça seu caminho3 min read

A prática de trilhas, ou trekking, é uma boa oportunidade de se desafi ar, de relaxar em contato com um ambiente diferente e um ótimo exercício físico, mas com responsabilidade e segurança

Faça seu caminho3 min read

Trekking, palavra que em inglês significa “trilhar” ou “percorrer um caminho”, foi traduzido para o português como a prática de trilhas. Feito competitivamente ou por lazer, a princípio o objetivo é ter como cenário a natureza, embora também haja trilhas urbanas nas quais descobrimos os segredos de nossas cidades – e, pode crer, todas os têm.

O tipo de trilha mais praticado por terras brazucas é mesmo nas florestas e matas. Aproveita-se o ar puro e relaxante e, ao mesmo tempo, pode se realizar um exercício físico dos bons, às vezes desafiador. Mas não é simplesmente enfiar a cara no mato, meu caro IntelliMan. Há uma série de providências – bem simples – para quem quer começar na arte dos caminhos que incluem árvores, subidas íngremes, pedras, lama, insetos e tudo mais, geralmente com aquela sensação no final de que tudo valeu a pena. Aqui vão algumas dicas para que tudo seja feito de forma prazerosa e segura:

• Caso seja sua primeira vez, informe-se sobre o grau de dificuldade da trilha, rota e duração. Não se sentiu seguro? Que tal contratar um guia? Existem muitos passeios já formatados nos quais você pode se inscrever, inclusive participar em grupo.

• Use roupas leves, porém reforçadas e de acordo com a estação do ano. Há boas opções no mercado e vale procurar – algumas, inclusive, podem ser aproveitadas depois no dia a dia urbano mesmo. Roupa “de briga”, rapaz!

• Hoje em dia os smartphones emulam equipamentos antes muito usados nas trilhas. Aplicativos (veja a dica abaixo) providenciam comunicação, localização e até iluminação emergencial.

• Por falar em apetrechos, leve uma mochila só com o necessário, como água, barrinhas de cereais, frutas, um pequeno kit de primeiros socorros e uma pequena lanterna (mesmo de dia, vai que você tenha de ficar mais tempo). Leve também repelente para insetos e filtro solar apropriados para seu tipo de pele, além de uma daquelas leves capas de chuva dobráveis.

• Use calçados adequados para trilhas (reforçados, porém confortáveis e leves). Evite solas lisas e, se puder, dê uma “amaciada” no pisante antes, pois alguns, quando novos, tendem a machucar seu pé até pegarem o “jeito” dele. Não é difícil encontrar tênis e botas recomendados para essa prática.

• Alguns homens fazem trekking sozinhos, mas é aconselhável que se vá acompanhado, por mais segura que pareça a trilha. Muito importante: sempre informe parentes e amigos sobre seu destino. Se houver um imprevisto, eles saberão notificar as autoridades quanto ao seu paradeiro.

• Respeite seus limites. Melhor descansar um pouco a forçar a barra e causar acidentes.

• Quando em grupo, mantenha-se perto de todos e respeite o ritmo dos demais. Não é uma corrida, e sim algo a ser apreciado caminho afora, com atenção e interação entre os colegas e a natureza. Evite conversa desnecessária, respire bem fundo e aprecie os sons da natureza.

• Alongue-se antes e depois da caminhada. Isso previne dores durante e depois do percurso.

• Não devemos jogar lixo em qualquer lugar. Não é por estar no mato que você vai deixar de ser um homem civilizado, certo?

Novo rumo

Que tal usar uma trilha como uma oportunidade para, ao seu final, falar do IntelliMen para amigos, parentes ou colegas? O trekking é só um tipo de encontro que pode servir para esse nobre propósito. Veja também o sugerido no Desafio #52 do projeto clicando nesse link

Hoje em dia o respeito é fundamental para que haja um bom relacionamento interpessoal. Se você é homem e deseja mudar suas atitudes, a hora é agora. Participe do projeto Intellimen e aprenda como ser um homem melhor. Para mais informações sobre o grupo clique aqui.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Marcelo Rangel/ Foto: Fotolia 


reportar erro