Notícias | - 12:05 am


“Eu tinha 3% de chance de sobreviver”4 min read

Jennifer Silva usou a fé para não ter a vida comprometida por um erro médico

“Eu tinha  3% de chance de sobreviver”4 min read

Jennifer Silva, de 21 anos (foto), passou por momentos delicados no trato da saúde. Tudo começou quando a jovem passou a sentir fortes dores na região do abdome. Levada a um hospital em Diadema (SP), cidade onde vive, ela foi diagnosticada com apendicite. Ela passou por uma cirurgia “bem-sucedida”, ficou 3 dias internada em observação e teve alta. No entanto, os médicos não prescreveram nenhum remédio para o período pós-operatório.

Após alguns dias, ela começou a ter fortes dores na região da cirurgia e vomitava constantemente. Ao retornar ao hospital, os médicos detectaram que a jovem estava com uma infecção generalizada. “Refizeram a cirurgia e tiraram 5 litros de pus de dentro de mim. Retornei para o quarto com uma tela na barriga, para que os médicos continuassem retirando a secreção”, conta.

Jennifer se viu em uma situação dramática. Por conta de um erro médico, o intestino dela havia sido perfurado e as fezes começaram a sair da tela colocada em sua barriga.

“Fui para o centro cirúrgico novamente, mas a infecção generalizada estava quase parando os meus órgãos. Eles colocaram uma sonda em mim, uma bolsa de colostomia”, diz.

Do centro cirúrgico, a jovem foi direto para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde permaneceu por 2 meses. Por causa das complicações, ela ficou em estado de coma. Nesse período, a jovem precisou fazer transfusões de sangue e os medicamentos não conseguiam combater a bactéria. “Eles falaram para a minha família que não tinha mais jeito, pois a medicina já tinha feito de tudo. Naquele momento, Deus era o único que podia fazer algo por mim”, destaca.

Corrente de orações

Sua mãe já conhecia a Universal e, quando viu a filha naquela situação, passou a fazer a corrente de cura por ela. Após um mês em coma, Jennifer acordou e saiu da UTI. “Fiquei assustada quando a médica mostrou minha barriga. Estava horrível. Ela estava aberta e tinha do lado uma bolsinha por onde saíam as fezes. Nesse momento, bateu um desespero, mas eu agradeci a Deus por estar viva”, declara.

Ela ficou muito debilitada, perdeu muito peso e chegou aos 32 quilos, mas com 1 mês teve alta e voltou para casa. “Fiquei em casa com a sonda e a barriga aberta. Após um tempo em casa, a minha barriga começou a cheirar muito mal, mesmo com os cuidados e com os curativos”, lembra.

Mais um procedimento

Pouco depois, ela retornou às suas atividades diárias. O mau cheiro que saía da barriga continuava e ela sentia muita vergonha. Durante 3 anos ela foi ao hospital todos os meses para que os médicos acompanhassem a sua recuperação. Eles aguardavam a regeneração da pele da barriga para que uma cirurgia de restauração fosse feita. Mas a pele não se regenerava.

Chegou um momento em que Jennifer se revoltou e passou a lutar por sua cura. Para isso, começou a fazer propósitos com Deus. “Eu não aceitava mais viver daquele jeito. Eu estava apodrecendo. Eu disse a Deus: ‘eu quero ser curada, eu não aceito essa doença na minha vida, o meu corpo é templo do Teu Espírito’”, conta.

Certo dia, ela retornou para mais uma consulta e o médico disse que ela precisaria ser internada para a realização de um procedimento delicado.

Ela fez todos os exames, mas, antes da cirurgia, os médicos a mandaram para casa, para que ela ficasse com a família até o dia da operação. “O médico disse para a minha família que eu tinha 3% de chance de sobreviver. Foi quando tive alta de 3 dias para ficar em casa. No mesmo instante pensei: ‘Vou ficar com a minha família e não vou voltar’”, conta.

A cirurgia foi realizada com sucesso e ela não precisou ficar na UTI. Jennifer ficou alguns dias no hospital e logo teve alta. Hoje ela é uma jovem saudável e sem sequelas. A recuperação dela surpreendeu os médicos, que não acreditavam que a jovem pudesse voltar a ter uma vida normal.

Muitas pessoas fazem e recebem orações para tratar doenças incuráveis nas reuniões de cura e libertação da Universal. As correntes acontecem todas as terças-feiras, em todo o Brasil. Veja o endereço da Universal mais próxima aqui.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Michele Francisco / Foto: Marcelo Alves 


reportar erro