Notícias | - 2:57 pm


“Eu dizia que nunca colocaria os meus pés na Universal.”1 min read

Mônica Gil

Devido aos muitos problemas com os meus familiares, tornei-me uma jovem vazia e problemática.

Para tentar preencher o vazio existente dentro de mim, comecei a beber muito cedo e rapidamente fiquei viciada no álcool.

Ouvia falar muito mal da Igreja Universal, diziam que enganavam as pessoas, que os milagres eram falsos e pagavam às pessoas para fingir que estavam doentes. Mentiras que se tornaram verdade de tanto ouvir a mesma coisa. Era convidada para ir na igreja, mas nunca aceitava, muitas vezes jogava fora o jornal e os panfletos, eu aceitava conhecer qualquer lugar, menos esse. Eu dizia que nunca colocaria os meus pés na Universal.

Casei-me com uma pessoa que também era viciada, mas no caso dele, em todos os tipos de drogas. Brigávamos muito e não tínhamos nem um minuto de paz. Uma tia do meu marido vendo o nosso sofrimento, convidou-me para a sessão de libertação, eu já não tinha nada a perder. Fui e participei de toda a reunião, eu notei que saí diferente, leve e mais animada, percebi que tudo o que tinha escutado sobre a Universal não fazia o menor sentido.

Mesmo sem nada, fui acolhida, bem recebida e me ajudaram, isso me marcou muito. Fui orientada a fazer as correntes de libertação, aprendi a usar a minha fé e realmente houve um resultado positivo, a minha vida foi transformada. Hoje, eu e o meu marido somos libertos dos vícios, temos um casamento feliz, temos o nosso próprio negócio e a nossa família é uma bênção de Deus.

Mônica Gil

Everett, Massachusetts


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação 

    Tânia Araújo


reportar erro