Notícias | - 9:00 am


“Era rejeitada na faculdade, sentia-me inferior a todos.”2 min read

“Era rejeitada na faculdade, sentia-me inferior a todos.”

Comecei a ter os primeiros sintomas de depressão, quando entrei na faculdade, era rejeitada pelos meus colegas, sentia-me inferior a todos.

Eu cresci sem a presença do meu pai, mesmo assim a minha mãe lutou para que nada nos faltasse, mesmo sendo muito difícil. Mas isso não foi suficiente para tirar o vazio que existia dentro de mim desde criança. Era vazia, sentia-me sozinha e tinha uma tristeza profunda. Tinha pensamentos de morte, várias vezes pensei em tirar a minha vida, mas algo mais forte me dizia que existia uma outra saída, eu só ainda não tinha descoberto o que era. Por maior que fosse a dificuldade, sempre vinha um sentimento de esperança, que eu iria conseguir mudar de vida. Mesmo deprimida, sempre segui em frente, mas nada conseguia preencher o vazio que sentia. Minha mãe me levou a alguns médicos, mas nada resolvia o meu problema.

Procurei, então, ajuda na bruxaria, mas novamente não adiantou, e dessa vez ainda adquiri outros problemas, como insônia e desentendimentos dentro de casa.

Estava completamente perturbada e desacreditada da vida, até que uma pessoa chegou até mim e me fez o convite para ir na Igreja Universal, falou-me que somente lá eu iria encontrar a solução para meus problemas e ter uma mudança de vida, através do poder de Deus. Eu resolvi tentar pela última vez. Comecei a obedecer tudo aquilo que ouvia sobre a fé em Deus, e a depressão, a insônia e os problemas espirituais desapareceram. Eu vi que realmente Deus existe e pode mudar vidas.

Hoje sou feliz, realizada, estou livre da depressão, o vazio que sentia foi preenchido pelo Espírito Santo. Eu posso dizer que depressão tem cura sim!

Kelly Valderrama 

Brockton, MA


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação  


reportar erro