Notícias | - 12:05 am


“Entendi que a morte não era a solução”3 min read

Sueli Veronesi encontrou na fé tudo que estava buscando

“Entendi que  a morte não  era a solução”3 min read

Algumas perguntas inquietam mais do que outras. Na ausência de respostas e diante do desespero, muitas pessoas procuram na morte o alívio que tanto procuram. Esse foi o pensamento que Sueli Veronesi, de 35 anos, nutriu por um tempo. Ela começou a enfrentar vários desafios ainda na infância.

Essa fase foi marcada pela convivência com um pai violento e agressivo. Por diversas vezes, ela presenciou a violência do pai contra sua mãe. “Pensava que tinha que morrer. Era melhor morrer do que viver com um pai assim”, menciona.

Aos 15 anos, ela decidiu sair de casa para morar com a tia. Achou que viveria em um lar amoroso, mas não foi bem isso que encontrou. “Meu relacionamento com ela era muito difícil, sem carinho”, afirma.

Não levou muito tempo para que outro problema surgisse: a depressão. “Não havia um motivo aparente. Eu era muito triste, não gostava de ficar sozinha. Tomava remédios, não tinha prazer de viver, de trabalhar. Chorava muito”, relata.

E, como se não bastassem esses problemas, surgiram outros. “Nunca fui feliz na vida sentimental, não dava certo com ninguém. Terminava o namoro sem motivos, não conseguia ser feliz. Acabei engravidando, mas meu namorado me abandonou. Tive que criar minha filha sozinha”, conta.

O que estava difícil ficou ainda pior. “Passei a ter problemas financeiros. O vazio e a depressão só aumentavam. Bebia muito e ia a festas para tentar aliviar a tristeza, mas nada adiantava. Como não tinha expectativa de mudança, pensava que a solução fosse a morte”, diz.

Você pode achar que o que aconteceu na vida de Sueli foi uma maré de azar. O que estava por trás de tanto caos, na verdade, era um mal de ordem espiritual. Tudo passou a ser diferente quando ela se libertou.

Ela encontrou o que procurava

Sueli encontrou a resposta que procurou por tanto tempo. Aquele vazio sem sentido deu lugar a uma nova história quando ela encontrou na fé uma oportunidade de refazer sua trajetória.

“Comecei a frequentar as reuniões da Universal e Deus foi transformando meus pensamentos. A depressão e o desejo de suicídio foram as primeiras coisas que consegui vencer”, detalha. Ela conta que foi na Universal que recebeu auxílio espiritual para seguir em frente. “Eu obedecia às orientações que recebia e isso ajudou a tirar da minha vida o que me fazia mal. Entendi que a morte não era a solução e passei a querer viver. Aprendi a me relacionar comigo mesma e com as pessoas também. Hoje sou outra Sueli”, finaliza.

Está passando por problemas de ordem espiritual? Saiba como livrar-se deles participando todas as sextas-feiras da Reunião de Libertação na Universal. Os horários das reuniões podem variar de um lugar a outro. Acesse www.universal.org/enderecos e encontre uma Universal mais próxima de você para participar.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Flavia Francellino / Foto: Alex dos Santos 


reportar erro