Notícias | - 3:05 am


“Ele afirma que não tem mais amor por mim”3 min read

Veja o que Renato e Cristiane Cardoso pensam sobre este assunto

“Ele afirma que não tem mais amor por mim”3 min read

O que fazer quando o parceiro desiste do casamento e abandona a família? Karen está passando por essa situação e nesta edição do A Escola do Amor Responde, os professores Renato e Cristiane Cardoso ensinam o que fazer quando o amor se perde em meio a tantos problemas mal resolvidos. Confira.

Karen – Estou casada há seis anos, mas meu marido “virou a cabeça”. Ele afirma que não tem mais amor por mim e que é melhor ficarmos separados. Ele foi embora e voltou a morar com os pais. O que posso fazer? Qual decisão devo tomar? Temos uma filha de 3 anos e estou perdida, não sei se é melhor aceitar a situação ou não. Eu ainda o amo e quero lutar por ele. Não houve traição da minha parte e acredito que da parte dele também não. Estou sem saber o que fazer e quero ajuda.

Renato – Karen, quando a pessoa fala que não existe mais amor pela outra, normalmente é uma forma que ela usa para explicar várias coisas que aconteceram de errado no relacionamento, ao longo dos anos, e que acabaram sufocando o amor. Ele ainda existe, mas está debaixo dessas várias coisas que nunca foram resolvidas. Eu não sei o que aconteceu nesses anos que vocês estiveram juntos, mas com certeza a afirmação dele, de que não a ama mais, é exatamente o conjunto dos problemas que não foram resolvidos.

Cristiane – Geralmente, essa atitude é a consequência de um relacionamento em que o parceiro já está cansado de reclamar e não ser ouvido. Com isso, o tempo passa e a pessoa vai esfriando com a outra. Toda vez que houver um problema entre vocês e ele não for resolvido, vocês acumularão outro problema. E assim o companheiro chega a um ponto em que realmente se sente mal no relacionamento. E a outra pessoa, que nesse caso é você, fica sem saber o que aconteceu. Quando um relacionamento termina de repente, é preciso que o outro pense bem, pois provavelmente existe um motivo ou coisas que não foram resolvidas antes.

Renato – Você pode saber o porquê da atitude dele lembrando de quais foram as reclamações que você ouvia repetidas vezes dele. Pode ser algo que ele falava todos os dias, mas, caso ele seja mais fechado, pode ser algo que ele falou duas vezes no ano, mas em momentos críticos e importantes. Não estou dizendo que a culpa é totalmente sua. Com certeza, ele tem os erros dele, mas você tem que avaliar em que pode ter errado ou descuidado e começar a trabalhar em você, independentemente de ele voltar ou não, porque, com ele ou sem ele, você vai precisar melhorar como pessoa. E, se deseja reconquistar o amor dele, trabalhe não apenas o lado humano, mas também o lado da fé. No mundo hoje, existe um poder, um movimento maligno, um movimento contra a família, que está inundando a nossa sociedade e consequentemente a cabeça das pessoas. Dessa forma, quando as pessoas passam por problemas no casamento, logo pensam em desistir e ter um novo relacionamento. As pessoas não pensam mais em lutar, persistir ou perseverar. Você deve lutar contra isso.

Cristiane – Não estamos falando para você viver de aparência, mas para lutar por um casamento realmente feliz. Sua luta é perseverar. Se avalie e veja em que você estava errando e mude. E quanto à sua filha e ao seu marido, é importante que deixe os dois se falarem.

Renato – Seja cordial, seja respeitosa nas mensagens, mas não fique atrás implorando para que ele volte.

Para saber mais como resolver os problemas da vida amorosa, participe das palestras da Terapia do Amor, todas às quintas-feiras, em uma Universal mais próxima de você. A cada palestra, casais, noivos, namorados e solteiros aprendem sobre o amor inteligente e como desenvolver o relacionamento a dois.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Lorrainne Silva / Foto: Fotolia 


reportar erro