Notícias | - 3:15 am


Ela supera as barreiras da deficiência física para levar a Palavra que salva2 min read

Raimunda Sena nasceu sem os braços, mas isso não a impede de falar sobre Jesus

Muitas pessoas colocam empecilhos para evangelizar e falar sobre o que Deus tem realizado em suas vidas. Ora o problema é a falta de tempo, ora é o cansaço que fala mais alto. Mas a vida de Raimunda Sena (foto ao lado), de 64 anos, é um exemplo de que tudo isso, ou qualquer outra barreira física, pode ser superada se a sede de ajudar o próximo for maior.

Ela é da cidade de Abaetetuba, no Pará, e, mesmo possuindo uma deficiência física em seus braços, não mede esforços para espalhar a Palavra de Deus. “A sua disposição é notável, pois mesmo portando uma deficiência ela prova para nós que a verdadeira deficiência não é física, mas, muitas vezes, interior”, afirma o bispo Genivaldo Sena, responsável pela Universal em Abaetetuba.

Mas nem sempre Raimunda foi intrépida e confiante. Antes de conhecer o Senhor Jesus, ela enfrentou momentos difíceis, principalmente na infância, quando era vítima de bullying. Por muitos anos ela carregou complexos de inferioridade por conta de sua condição. “Recebia apelidos maldosos, chorava muito, pedia para Deus tirar a minha vida, pois não via razão de viver. Até tentei me matar tomando veneno”, afirma.

Recentemente, ela contou a sua história de superação no programa “Evangelistas em Ação”. Acompanhe:

Atualmente, Raimunda é obreira voluntária e integrante do grupo de Evangelização local. “Quando cheguei à Universal, fui recebida com muito carinho pelos obreiros e pastores. A palavra que ouvi mudou a minha vida e hoje evangelizo com o maior prazer. A minha deficiência não me impede de fazer nada. Deus me escolheu para isso”, afirma.

“Ganhar almas é um grande privilégio e, uma vez que nos disponibilizamos e nos preocupamos com o próximo, o próprio Deus passa a cuidar dos nossos problemas e deficiências, sejam físicas ou espirituais. é uma troca. Cuidamos das pessoas que precisam de ajuda e Deus cuida de nós”, explica o bispo Genivaldo.

Se você percebe a necessidade de se colocar mais à disposição de Deus para ajudar os que sofrem, vá à Universal mais próxima e obtenha informações de como se tornar um voluntário. Clique aqui para encontrar o endereço.

Não esqueça: “… Mais bem-aventurado é dar que receber.” Atos 20.35

Confira mais ações do grupo de Evangelização realizadas pelo Brasil aqui.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Rafaella Rizzo / Foto: Cedida 


reportar erro