Notícias | - 3:15 am


Ela pode ser infiel. Ele não4 min read

Conheça esse relacionamento e entenda onde está o erro

Ela pode ser infiel. Ele não4 min read

Adam Gillet acorda pela manhã e a companheira dele não está na cama, ao seu lado. Ele levanta, toma banho, come alguma coisa e checa o celular. Lá está a mensagem: “Estou voltando para casa.” Apesar do ciúmes, ele não reclama quando ela chega.

Beatrice Gibbs, a namorada de Adam (os dois na foto), passou a noite com outro homem, e ele sabe disso. Na verdade, ele foi quem sugeriu que ela fizesse isso sempre que tivesse vontade. Dessa maneira, os dois poderiam permanecer juntos.

“Eu amo Adam, mas não estava pronta para me acalmar e me comprometer com apenas um homem. Então eu disse que precisava terminar com ele para não ser infiel. Eu não queria machucá-lo saindo com outra pessoa pelas suas costas”, explica Beatrice. “Ele estava devastado e sugeriu que permanecêssemos juntos, mas que eu poderia dormir com outras pessoas, desde que dissesse a ele com quem e quando.”

Há 2 anos o casal mantém esse relacionamento. Ela pode dormir com quantos homens quiser, enquanto ele deve permanecer fiel.

“Eu não me sinto culpada desde que nós dois concordamos em abrir nosso relacionamento. Eu sei que deve ser difícil para ele, mas esse é o único jeito de permanecermos juntos”, afirma Beatrice.

é possível ser feliz assim?

Beatrice concorda que Adam não está completamente satisfeito com o relacionamento, embora ele mesmo tenha se colocado na situação. Ela mesma não está confortável com a situação: “Na manhã em que eu o vejo, após uma noite com outra pessoa, eu me sinto um pouco mal.”

Ele, por sua vez, declara: “Eu realmente senti ciúmes a princípio, especialmente após a primeira vez. Eu ainda me sinto um pouco ciumento quando ela está disposta a fazer isso, mas mantenho isso dentro de mim. Eu tenho aprendido a lidar com os meus sentimentos.”

Ou seja: em vez de conversar com ela a respeito da situação para, juntos, como um casal, resolverem o problema, ele está guardando para si sentimentos que o magoam e, por consequência, atrapalham a vida a dois.

Beatrice afirma que os dois estão felizes, que não estão causando mal a ninguém. Engana-se ela, como é possível observar.

De acordo com o relato que o casal fez ao jornal inglês The Sun, eles se amam, mesmo optando por esse estilo de vida que não os deixa confortáveis.

Mas quem ama trai?

“O grande mito em que muitos maridos e esposas caem é: se você ama o seu cônjuge, você não se sentirá atraído por nenhuma outra pessoa”, declara Renato Cardoso. “No mundo da fantasia esse mito é verdade. No mundo real, a coisa é diferente. O ser humano é falho. A carne é fraca. Os olhos veem e cobiçam. A imaginação vai longe. O coração pede.”

Quando um homem olha uma mulher com “segundas intenções” é natural que se sinta atraído por ela. A partir daí, se ele permite que o seu pensamento crie fantasias sobre os dois, está alimentando uma situação que tende a sair do controle, até o ponto da infidelidade. Aquele homem ama sua esposa, mas aceitou a sua fraqueza como algo inevitável. O mesmo vale para as mulheres.

“Estamos todos condenados a trair, então?” – questiona Renato. “Não. é aí que você deve aprender o que o verdadeiro amor faz nessas situações: quem ama foge do mal e não confia na própria força.

Beatrice dá a si mesma a liberdade de frequentar bares, manter conversas impróprias com outros homens e, por isso, sente-se incapaz de ser fiel.

Renato explica como devemos agir ao menor sinal de atração por outra pessoa: “Se eu amo a minha esposa, no momento em que os meus olhos se atraírem por outra mulher, eu fugirei dela. Não mais ficarei olhando nem buscando ocasião para estar perto dela. Eu sou humano. Posso cair como qualquer homem. Por isso, fujo do mal. Se você mulher ama o seu marido, você não ficará alimentando fantasias em sua cabeça com conversas inapropriadas com outro homem, seja no trabalho, na internet, ou mesmo na sua memória, lembrando de alguém do seu passado.”

Você acredita que relacionamentos abertos, como o de Beatrice e Adam, podem dar certo? Deixe a sua opinião nos comentários.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Andre Batista / Imagem: Reprodução Youtube 


reportar erro