Notícias | - 3:00 am


Cristãos são mortos no Egito por não aceitarem se converter ao Islã3 min read

Nos últimos meses, os ataques aumentaram, deixando cerca de 100 mortos

Cristãos são mortos no Egito por não aceitarem se converter ao Islã3 min read

Um grupo de 29 cristãos coptas, no Egito, foi vítima do extremismo muçulmano, em maio deste ano. Eles se dirigiam para uma reunião de oração em um mosteiro, quando foram atacados por jihadistas do Estado Islâmico, na província de Minia. Um dos sobreviventes, o egípcio Mina Habib, de apenas 10 anos, disse que homens mascarados pararam o ônibus e obrigaram algumas pessoas a descer do veículo, entre elas, seu pai Adel. “Eles pediram que meu pai se identificasse. Depois, mandaram que ele recitasse a profissão de fé muçulmana. Ele se recusou, dizendo que era cristão. Eles atiraram nele e em todos os outros que estavam no veículo”, declarou Habib à agência Reuters. O jovem acrescentou que a cada pessoa morta os extremistas gritavam “Allah é grande” e comemoravam. Nem crianças foram poupadas.

Mina agora recebe acompanhamento psicológico em uma igreja copta local. Seu irmão Marco lê a bíblia no monastério como forma de terapia para superar o trauma de ver o pai assassinado.

Os cristãos coptas representam 10% da população egípcia que é de 92 milhões de pessoas. Nos últimos meses, os ataques ao grupo aumentaram, deixando cerca de 100 mortos. “A segurança, o governo e o exército são negligentes. Ninguém nos protege, além de Deus. Os cristãos não estão seguros neste país”, disse Kirolos Ishak, um estudante universitário cujo pai também foi morto naquele dia.

Não se curve

Por não aceitarem se render a outros deuses, esses e outros cristãos em todo o mundo são mortos. Como os apóstolos no início da Igreja, são terrivelmente perseguidos por conta da sua fé. Já no Brasil, a perseguição muda de forma. Por contar com leis que defendem o livre culto e proíbem qualquer tipo de preconceito religioso, dificilmente alguém é morto por ser de Deus.

Não temos armas apontadas para nossas cabeças, mas, diariamente, recebemos propostas de negar a nossa fé por meio do pecado e desobediência à Palavra de Deus. Infelizmente, muitos cedem às propostas malignas e acabam dando as costas a Jesus.

“Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus.” Mateus 10:32,33

Não se engane: negar a fé não é só dizer que aceita outro deus como seu senhor ou mudar de religião, mas, principalmente, nas suas escolhas e atitudes diárias. Muitas pessoas afirmam ser capazes de morrer por Cristo e até escrevem lindas canções sobre o assunto. Mas será que as palavras têm sido acompanhadas de atitudes?

Se você tem estado no grupo dos que tem negado a Jesus, arrependa-se e volte ao primeiro amor. Abandone o pecado e compareça à reunião separada para aqueles que não aceitam se curvar ao mundo. Ela acontece todas às quartas-feiras em toda a Universal. Clique aqui para encontrar o endereço do templo mais próximo de sua casa.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Rafaella Rizzo / Foto: Thinkstock 


reportar erro