Notícias | - 3:05 am


Como o Espírito Santo se apaga em nós?5 min read

Talvez isso já esteja perto de acontecer. Saiba como impedir

Como o Espírito Santo se apaga em nós?5 min read

Quando criança, você deve ter recebido algo muito valioso de seus pais seguido da seguinte ordem: cuidado para não perder isso. Quando lemos o alerta que o apóstolo Paulo dá à Igreja de Tessalônica é esse tipo de alerta que fala da importância de não perder o que há de mais precioso. “Não extingais o Espírito.” I Tessalonicenses 5.19.

A presença do Espírito Santo é uma chama, não é à toa que Paulo usa a palavra “extinguir”, que é fazer que cesse de queimar, de brilhar. E como é possível extinguir o Espírito? Quando não desenvolvemos os frutos dEle. O pecado tem o poder de apagar essa chama dentro de nós, mas o grande erro é pensar que só porque não estamos vivendo no pecado essa chama nunca vai se apagar.

Com certeza, você já viu em algum filme como um super-herói descobre os seus dons. Ele não sabe que possui aquele poder e, de repente, numa situação de perigo, ele descobre que possui dons especiais. Quando recebemos o Espírito Santo, recebemos poder (Atos 1.8). O problema é que, na maioria das vezes, não usamos esse poder da maneira correta.

Imagine o seguinte: você gasta um alto valor para dar uma blusa de grife de presente à sua amiga e nunca a vê usando-a. Até que um dia, ao chegar na casa dela, você vê a blusa sendo usada como pano de chão. Qual a sua reação? é a mesma que a do Senhor Jesus quando olha para nós que temos o Espírito Santo e não o usamos. Você já parou para refletir quanto poder tem em cada um dos frutos do Espírito Santo? Mas, no dia a dia, só veremos esse poder se ele for usado. Você tem usado a fé como deveria usar? E a paciência? Nas afrontas, injustiças, você tem usado a alegria?

O que acontece muito é que não os usamos como deveríamos usar ou como Deus espera que os usemos. E então, eles vão se apagando, se apagando, até que você se percebe frio e distante.

Mantenha-se firme

O mais interessante desse versículo é que não se trata de uma simples orientação, mas de uma ordem para não apagarmos o Espírito (Santo dentro de nós). é uma atitude, um zelo que tem que ser nosso.

Quando falamos que a fé é como um músculo, quanto mais você exercita, mais ela se desenvolve, não é só a fé que é assim. é qualquer um dos nove frutos do Espírito Santo. Quanto mais você os exercita, mais eles crescem. Se parar de exercitá-los (usá-los), eles se atrofiam.

A escritora Ester Bezerra explica que os três primeiros frutos do Espírito têm a essência de Deus, que são o amor (representada pelo Deus Pai), a alegria (representada pelo Filho Jesus) e a paz (representando o Espírito Santo). Eles são recebidos com a descida do Espírito Santo em nossa vida. “é a Marca imediata ou o Selo de Deus sobre o que nEle crê”, ressalta a escritora.

Porém, os outros seis – longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio – estão ligados ao temperamento do ser humano. “Entende-se também que eles estão ao nosso dispor, entretanto, é preciso cultivá-los com perseverança”, explica. E para isso é necessário sacrifício. Sacrificar a própria vontade, sacrificar o medo, a dúvida, o comodismo.

Instrumentos

Os frutos e os dons são instrumentos que o Espírito de Deus nos proporcionam para manifestarmos Sua glória neste mundo. O Bispo Edir Macedo, em seu livro Estudos Bíblicos, ressalta que tanto os frutos quanto os dons são de propriedade exclusiva do Espírito Santo e que ambos são fundamentais para o equilíbrio da Igreja de Cristo. “Os frutos significam o ser, enquanto os dons significam o fazer”, explica o Bispo.

Filhos

O que o torna parecido com seus pais biológicos? Os traços do rosto, a cor do cabelo, o tipo físico, a personalidade forte, enfim, com certeza você rapidamente listou mentalmente todas as características que o fazem ser parecido com a sua mãe, com o seu pai ou com os dois. Mas e quais características lhe fazem semelhante ao Pai Celestial? é exatamente essa a função dos frutos do Espírito. Eles são o resultado da presença de Deus através da pessoa do Espírito Santo na vida de alguém. Eles representam o caráter de Divino, por isso Ele deixou evidente em Sua Palavra que Seus filhos seriam frutos.

Ação

Os dons são concedidos com a finalidade de executar a Obra de Deus neste mundo.

O Bispo Macedo destaca que, quando o Senhor Jesus deu ordem aos seus discípulos para curar enfermos, ressuscitar mortos, purificar leprosos e expelir demônios (Mateus 10.8), eles só puderam cumpri-las porque o próprio Jesus estava dando condições para isso. “Deus não é incoerente para nos mandar fazer algo que está acima das nossas possibilidades. Por isso mesmo, Ele nos capacita com dons do Espírito Santo, a fim de realizarmos a Sua vontade.”

Reflita: em quais situações você poderia usar esses frutos e não está fazendo? Por quê? E o que você pode fazer a partir de agora para usá-los da maneira que Deus espera? Peça direção a Deus em oração e por meio da Palavra dEle e pratique.

é possível extinguir o Espírito?

Isso acontece quando não desenvolvemos os frutos dEle. O pecado tem o poder de apagar essa chama dentro de nós, mas o grande erro é pensar que só porque não estamos vivendo no pecado essa chama nunca vai se apagar

Aos domingos, em toda a Universal, bispos, pastores e obreiros clamam para que todos os presentes tenham um encontro com Deus. Se você tem chorado, mesmo que baixinho e sem que as pessoas saibam, se você está cativo por causa de um problema, não deixe de participar, desse dia especial. Veja o endereço da Universal mais próxima da sua casa.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Nubia Onara / Fotos: Fotolia 


reportar erro