Notícias | - 3:00 am


Caravana do Resgate e Cura dos Vícios no Sambódromo de São Paulo5 min read

Confira como foi esse evento especial

Caravana do Resgate e Cura dos Vícios no Sambódromo de São Paulo5 min read

Quanto vale a vida de uma pessoa? Para o Senhor Jesus valeu o preço do sacrifício na cruz. E é por meio do amor dEle, por aqueles que creem, que vidas são restauradas.

Por isso, na madrugada desta sexta-feira (21), foi realizado, no Polo Cultural e Esportivo Grande Otelo, conhecido como Sambódromo do Anhembi, localizado na capital paulista, um evento especial que reuniu a Caravana do Resgate com a Cura dos Vícios, para promover uma noite de renovo espiritual para os que desejavam retornar aos braços de Deus.

Caravana do Resgate e Cura dos Vícios no Sambódromo de São Paulo

Voluntários da Obra de Deus, pessoas que buscavam a cura de vícios e também aquelas que desejavam reafirmar uma aliança com o Senhor Jesus vieram de diversas localidades e não mediram esforços para estar ali.

Inicialmente, o encontro foi conduzido pelo bispo Rogério Formigoni, que realizou o Tratamento para a Cura dos Vícios.

Caravana do Resgate e Cura dos Vícios no Sambódromo de São Paulo

“Vício é uma doença incurável, progressiva e fatal, é uma ação repetitiva que provoca algum dano para a vida. Quando falamos isso, muitas pessoas logo pensam no vício da cocaína, do crack, da maconha, etc., e elas acabam achando normal o vício no cigarro, na bebida. Se o vício fosse só a substância, mas o vício é um espírito. Não importa qual é a substância em que você é viciado, vem todo um pacote de maldição: vem a depressão, o desejo de suicídio. Junto com esse vício vem a briga familiar, a infelicidade na vida sentimental. Com esse vício vêm todos esses problemas”, ressaltou o bispo.

Ele ainda destacou que não vamos tirar o vício, que está em nós ou em um familiar, na força do nosso braço. Só existe um único caminho: por meio da fé.

Caravana do Resgate e Cura dos Vícios no Sambódromo de São Paulo

Quem já conhece o Tratamento para a Cura dos Vícios comprova os resultados, como foi o caso de Joyce dos Santos, de 29 anos. “Estou indo ao tratamento há 3 semanas. Antes eu não conseguia ficar um dia sem usar drogas. Agora, consigo dormir, me sinto bem. Eu tinha depressão, chorava, ficava deitada no meu quarto. Não conseguia dar atenção para os meus filhos – uma menina, de 7 anos, e um menino, de 9. Hoje eu vim porque sabia que precisava me aproximar mais de Deus. é uma oportunidade. A pessoa que usa drogas não pode pensar no que os outros vão dizer, ela tem que confiar em Deus e colocar na cabeça que vai sair dos vícios.”

A mesma tranformação ocorreu na vida de Samira, que há 2 anos estava nos vícios. Confira o depoimento dela no vídeo abaixo:

Um alerta para quem se distanciou de Deus

Após o tratamento, o bispo Sergio Corrêa, responsável pelos obreiros voluntários da Universal em todo o Brasil, exibiu um vídeo para reflexão. O vídeo mostrava um boi que caminhava por um caminho estreito no matadouro. No começo, o animal não sabia do que se tratava, mas, quando percebeu que iria ser abatido, ficou desesperado tentando recuar. Porém, era impossível, e o fim (a morte) foi inevitável.

Caravana do Resgate e Cura dos Vícios no Sambódromo de São Paulo

“Isso tem a ver com você que está na Igreja mas está afastado da presença de Deus. Isso é o que vai acontecer com você. Vai depender de você. A Bíblia diz que o diabo cegou o entendimento e, quando uma pessoa se afasta da presença de Deus, a primeira coisa que ele faz é furar os olhos dela, é cegar o seu entendimento. O errado vira certo. Eu vim dar um recado para você: talvez você hoje esteja assistindo a essa reunião e não esteja nem aí para o que nós estamos falando. Você está ouvindo uma palavra, mas está pensando: ‘Eu já conheço isso tudo.’ Mas você está igual a esse boi (do vídeo) não tem noção do que está para acontecer se não voltar para os braços de Jesus”, alertou o bispo.

Quando a pessoa está distante de Deus, os espíritos malignos conseguem atuar com liberdade na vida dela, causando sofrimentos e problemas. Por isso é importante que a pessoa retorne para Jesus enquanto há tempo.

Foi por esse motivo que Ilieda de Lima, de 40 anos, decidiu participar da Caravana do Resgate. “Quando eu estava distante da presença de Deus, tentei me matar. Tinha depressão e tomava remédios. Faz 3 meses que eu voltei. Eu e o meu ex-marido éramos obreiros, mas a gente deixou a presença de Deus e nos divorciamos. O nosso Sol tem que ser Jesus, não pode ser a pessoa com quem nos relacionamos. O dia em que eu perdi o meu marido, eu perdi o meu chão. Hoje tenho Jesus como o centro da minha vida. Embora separada, perdoei o meu ex-marido, o que era uma coisa difícil. Agora estou construindo tudo novamente e estou feliz, porque confio em Deus.”

E o bispo Sergio deixou um recado especial a todos. Veja abaixo:

O encontro especial recebeu cerca de 150 mil pessoas e contou também com a presença da Banda FJU, do Coral do Templo de Salomão e do cantor Gibi, que apresentaram canções animadas e contagiaram os presentes.

Como retornar para Deus?

Se você tem o desejo de ter o Senhor Jesus em sua vida, participe ainda hoje de um encontro em uma Universal mais próxima de sua casa. Veja o endereço aqui.

Se você é ou já foi auxiliar da Obra de Deus, acompanhe diariamente o programa “Obreiros em Foco”.

Confira também, aqui, os endereços de onde ocorrem, aos domingos, o Tratamento para a Cura dos Vícios.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Daniel Cruz, Maiara Máximo e Caroline Brasil / Fotos: Demetrio Koch, Marcelo Alves e Grupo EVG 


reportar erro