Notícias | - 12:05 am


Brasileiros atribuem sucesso financeiro a Deus4 min read

Uma pesquisa do Instituto DataFolha mostra que nove entre dez pessoas acreditam que o êxito nas finanças é uma bênção divina

Brasileiros atribuem sucesso financeiro a Deus4 min read

Noventa por cento dos brasileiros dizem que o seu crescimento na área econômica se deve à influência de Deus. Isso é o que aponta uma pesquisa do Instituto Datafolha divulgada na matéria “Nove entre dez brasileiros atribuem a Deus sucesso financeiro”, publicada no último dia 25 de dezembro pelo jornal Folha de S. Paulo. O levantamento ouviu 2.828 pessoas maiores de 16 anos sorteadas aleatoriamente em 174 municípios.

A pesquisa pedia que cada entrevistado concordasse ou não com a frase “Todo o sucesso financeiro da minha vida eu devo, em primeiro lugar, a Deus”. Concordaram com a frase 90% das pessoas com religião, 70% das que não têm religião, 66% dos espíritas e espiritualistas, 63% dos umbandistas e até mesmo 23% dos ateus.

O número de evangélicos pentecostais e não pentecostais que acreditam na influência divina nas finanças chega a quase 100%: 97% e 96%, respectivamente.

A publicação revela que 77% das pessoas com ensino superior e 70% das que têm renda mensal acima de dez salários mínimos consideram suas conquistas como bênçãos de Deus.

A reportagem ainda diz que as religiões evangélicas estimulam o progresso econômico dos brasileiros e cita a Universal como exemplo desse trabalho, destacando que a instituição oferece “cursos de empreendedorismo e programas de geração de renda”.

O texto aponta que a Universal é uma das maiores representantes do grupo neopentecostal, com 8% dos evangélicos, “cuja teologia da prosperidade defende o sucesso material como bênção divina”.

O filósofo Luiz Felipe Pondé, colunista da Folha de S. Paulo, disse em entrevista ao programa Palavras Cruzadas, da TV Brasil, que o progresso econômico entre os evangélicos é visível no País. “Os evangélicos causam um impacto econômico importante que no Brasil a gente está começando a perceber. Funcionou nos Estados Unidos e está chegando aqui. Onde você tem evangélico tem crescimento econômico, tem autonomia”, salientou.

Direção divina

A Universal realiza o Congresso para o Sucesso, em que as pessoas adquirem conhecimentos sobre crescimento econômico. O conferencista Rogério Formigoni, responsável pelos encontros realizados no Templo de Salomão, na capital paulista, afirma que durante as palestras os participantes aprendem a ter uma visão mais ampla com relação ao empreendedorismo. “Nós não fazemos nada além do que Deus prometeu. Ele promete vida com abundância. Então, despertamos nas pessoas coragem, ousadia e intrepidez para descobrirem a força dentro delas e que elas podem, sim, serem cabeças e alcançar essa vida abundante”, alega.

Ele destaca ainda que “a teologia da prosperidade está na Palavra de Deus. Deus não aceita a miséria, Ele promove o sucesso. Levamos a pessoa a entender que a fé uma vez aplicada, seguida da obediência, traz resultados”, aponta.

O advogado José Américo Martins Garcia (foto ao lado), de 36 anos, abriu seu negócio próprio depois de começar a frequentar as reuniões do Congresso para o Sucesso. “Sempre trabalhei para os outros e faltava coragem e direção do que fazer para que esta situação mudasse. Ao frequentar o Congresso, de empregados, eu e minha esposa abrimos nosso escritório que em pouco tempo se tornou referência no ramo de reclamações trabalhistas.”

Ele ressalta que seu crescimento se deve à prática da Palavra de Deus. “O que mais tem me ajudado é desenvolver o empreendedorismo aliado à fé obediente”, salienta.

O empresário Luiz Fernando da Silva (foto acima), de 40 anos, também atribui a Deus o resultado de seu crescimento financeiro. Ele trabalhou por muitos anos como pedreiro e não tinha uma renda capaz de suprir as necessidades básicas da família.

Durante as reuniões que participou no Congresso, ele aprendeu a deixar a instabilidade dos “bicos” que fazia e abrir duas empresas: uma de construção civil e outra de bombeamento de concreto. Apesar de ter estudado até a quarta série do ensino fundamental, hoje ele é um homem bem-sucedido. “Tenho pouco estudo, mas tenho engenheiros e arquitetos trabalhando para mim. Deus me deu a visão de desenvolver os projetos que eu tinha para poder prosperar”, conta.

Quer aprender a enfrentar as dificuldades do mercado de trabalho e se tornar uma pessoa vencedora? Então, não perca o Congresso Para o Sucesso, que acontece às segundas-feiras, no Templo de Salomão. Para encontrar uma Universal mais próxima de você, acesse www.universal.org/enderecos.

Caso queira adquirir o livro “50 Tons Para o Sucesso”, que contém dicas para a vida profissional e financeira, acesse o Arca Center, clicando aqui.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Janaina Medeiros / Fotos: Arquivo pessoal e Cedida 


reportar erro