Notícias | - 8:00 am


Biden encoraja milhões de imigrantes a se candidatarem à cidadania.2 min read

Biden encoraja milhões de imigrantes a se candidatarem à cidadania.

O governo Biden lançou um esforço governamental com o objetivo de encorajar milhões de imigrantes a se inscreverem para se tornarem cidadãos dos EUA, anunciou o Departamento de Segurança Interna.

Funcionários da agência de Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA (U.S. Citizenship and Immigration Services) lançaram o plano interagencial “Estratégias de boas-vindas que promovam integração, inclusão e cidadania” para conscientizar os 9 milhões de residentes permanentes legais que podem ser qualificados para solicitar a cidadania e ajudá-los a fazê-lo.

“A ideia é encontrar uma forma de todo o governo de chegar às pessoas que podem se naturalizar”, disse o funcionário dos Serviços de Cidadania e Imigração, acrescentando que há 9 milhões de pessoas nos EUA que são residentes permanentes legais que podem ser elegível para solicitar a cidadania.

“Novos cidadãos, fortalecidos com o poder e as responsabilidades que a cidadania americana traz, tornam nossa nação melhor”, disse o secretário do DHS, Alejandro Mayorkas, em um comunicado à imprensa. “Esta estratégia irá garantir que os aspirantes a cidadãos possam buscar a naturalização por meio de um processo claro e coordenado”.

A nova medida decorre da ordem executiva do presidente Joe Biden no início deste ano, que exigia que o governo dos Estados Unidos apresentasse e implementasse estratégias.

Dessa forma, a USCIS anunciou que algumas cerimônias de naturalização que estão por vir acontecerão em parques nacionais, em vez de prédios federais. Além disso, os serviços postais dos EUA exibirão cartazes dentro das agências sobre como solicitar a cidadania.

O Departamento de Assuntos de Veteranos trabalhará com organizações de veteranos para educar seus membros não cidadãos sobre como se tornarem cidadãos dos EUA. Essas iniciativas têm como objetivo colocar o tema em destaque e sensibilizar o público.

Os governos sempre incentivam a legalização de imigrantes nos EUA, cada um a sua forma e prioridade. O governo Trump, por exemplo, encorajou os não cidadãos a entrarem legalmente nos EUA, mas simultaneamente tornou mais difícil para algumas classes de pessoas, incluindo familiares de imigrantes nos EUA, serem admitidos. Isso se baseava no fato de que os imigrantes deveriam ser admitidos por habilidade e riqueza, não pelo relacionamento com a família no país.

O governo Trump também revisou o exame de naturalização, um passo crucial no caminho de um imigrante rumo à cidadania americana, acrescentando mais questões na prova oral, um movimento que tornou o teste mais difícil. Biden reverteu essas mudanças. Com informações da CNN.

Encontre uma Universal mais perto de você. 


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Redação  


reportar erro