Notícias | - 10:20 am


Biden é a favor da vacina contra o COVID-19 para os imigrantes3 min read

O acesso à vacina para imigrantes indocumentados tem sido uma questão polêmica desde que as vacinas foram disponibilizadas à população

Biden é a favor da vacina contra o COVID-19 para os imigrantes

O Presidente Joe Biden é favorável ao fornecimento da vacina COVID-19 aos imigrantes independentemente do status migratório, disse a secretária de imprensa da Casa Branca Jen Psaki nesta quinta-feira (1). Questionada durante sua coletiva de imprensa diária sobre a pressão na Flórida para dispensar a exigência de residência para vacinação, Psaki disse que o Presidente apóia a distribuição da vacina o quanto possível.

“Quanto mais pessoas forem vacinadas, sejam elas sem documentos ou não, mais seguros estaremos como país, e esse é certamente o ponto de vista do Presidente”, respondeu Psaki.

O acesso à vacina para imigrantes indocumentados tem sido uma questão polêmica desde que as vacinas foram disponibilizadas.

Em meio à crise na fronteira dos EUA com o México, o governo Biden enfrentou críticas por processos de triagem de coronavírus, que permitiram que migrantes infectados desaparecessem na população em geral. De acordo com as estatísticas do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) na quinta-feira (31) de manhã, 16,9% dos adultos nos Estados Unidos estão totalmente vacinados, enquanto 30% receberam pelo menos uma dose do imunizante.

FAMÍLIAS MIGRANTES ESTÃO SENDO LIBERADAS SEM NOTIFICAÇÃO JUDICIAL

FAMÍLIAS MIGRANTES ESTÃO SENDO LIBERADAS SEM NOTIFICAÇÃO JUDICIAL

As autoridades dos EUA estão libertando famílias de migrantes na fronteira mexicana sem avisos para comparecer no tribunal de imigração ou, às vezes, sem qualquer papelada ou documentação.

A Patrulha de Fronteira começou a prática incomum na semana passada no Vale do Rio Grande, no Texas, que viu o maior aumento no número de famílias de migrantes e menores desacompanhados cruzando a fronteira.

A liberação rápida diminui a pressão sobre a Patrulha de Fronteira e suas instalações superlotadas, mas transfere o trabalho para o Immigration and Customs and Enforcement (ICE), a agência que aplica as leis de imigração nos Estados Unidos.

Na semana passada, a agência acrescentou instruções para reportar a um escritório do ICE dentro de 60 dias para documentos de reserva de adultos. Nesse caso, as famílias são liberadas com os registros; mas apenas os pais são fotografados e têm suas impressões digitais salvas no sistema.

Um aumento no número de pessoas que cruzam a fronteira, especialmente crianças que viajam sozinhas e famílias, lotou as instalações federais de detenção. Os tribunais de imigração, com um acúmulo de 1,3 milhão de casos, estão mal preparados para um grande aumento em novos pedidos de asilo.

O Customs and Border Protection, que supervisiona a Patrulha de Fronteira, disse que parou de emitir notificações judiciais em alguns casos porque a preparação de apenas um dos documentos costuma levar horas.

Preparar um aviso de comparecimento ao tribunal pode levar de uma hora a 90 minutos, disse Chris Cabrera, porta-voz do National Border Patrol Council, um sindicato que representa os agentes.

Com a mudança, os migrantes estão sendo submetidos a verificações de antecedentes e testados para covid-19, sendo liberados logo em seguida.

A agência não respondeu a perguntas sobre quantos migrantes foram libertados sem notificações judiciais ou sem documentos.

 

Encontre uma Universal mais perto de você. 


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Fonte: braziliantimes.com|gazetanews.com 


reportar erro