Notícias | - 8:00 am


Benefícios do café para a saúde4 min read

Benefícios do café para a saúde

O café é uma bebida com grande quantidade de antioxidante e outros nutrientes estimulantes, como a cafeína, por exemplo, que ajuda a prevenir o cansaço e outras doenças, como câncer e problemas do coração.

Combater cansaço

Por ser rico em cafeína e outros compostos bioativos, o café ajuda a combater o cansaço, melhorar a memória, o estado de alerta e a percepção, além de aumentar a capacidade de concentração para a realização de tarefas simples, a capacidade auditiva, o tempo de retenção visual e a diminuição da sonolência.

Além disso, aumenta os níveis de energia, já que promove o aumento de alguns hormônios que ajudam a ativar os neurônios, sendo necessário ingerir 75 mg de cafeína (1 xícara de café expresso), no mínimo, para ter esses efeitos.

No entanto, é importante saber que os efeitos variam de pessoa para pessoa, já que depende da capacidade que cada um possui para metabolizar a cafeína e eliminá-la do organismo.

Prevenir câncer

Alguns estudos demonstram que o café ajuda a prevenir determinados tipos de câncer, como os de mama, ovários, pele, fígado, cólon e reto, pois contém antioxidantes como ácido clorogênico, cafeína, tocoferois, melanoidinas e compostos fenólicos, por exemplo, que protegem as células dos danos provocados pelos radicais livres e diminuem a inflamação do organismo.

Prevenir e melhorar dores de cabeça

O café ajuda a diminuir e prevenir a dor de cabeça, já que promove a contração das artérias do cérebro, prevenindo a dor. Alguns estudos indicam que a dose terapêutica nesses casos deve ser pelo menos 100 mg por dia.

Também se pode encontrar na farmácia diversos medicamentos analgésicos que contém cafeína, uma vez que aumenta o efeito do medicamento e, em conjunto, combate mais efetivamente os diversos tipos de dor de cabeça, incluindo a enxaqueca.

Estimular a perda de peso

Alguns estudos demonstram que o consumo de café favorece a perda de peso, já que contém diversas substâncias ativas que podem afetar o metabolismo e estimulá-lo, como é o caso da cafeína, da teobromina, o ácido clorogênico e a teofilina, por exemplo.

Estes compostos bioativos fazem com que o organismo gaste mais calorias e queime mais gordura, favorecendo a perda de peso.

Melhorar a resistência em atletas

O consumo de cafeína aumenta os níveis de adrenalina no sangue, melhorando a resistência e a coordenação em esportes com raquete e de alta intensidade como correr, nadar e remar, por exemplo.

Alguns estudos sugerem o consumo de 3 mg de cafeína por kg de peso corporal 1 hora antes de praticar o exercício.

Proteger o coração

O café é potencialmente rico em antioxidantes e possui efeitos anti-inflamatórios, componentes que ajudam a proteger as células do dano dos radicais livres e a reduzir a resistência a insulina, protegendo, dessa forma, o coração e diminuindo o risco de infarto.

Além disso, favorece o aumento do colesterol bom, o HDL, que é considerado cardioprotetor, e uma diminuição do colesterol mal, o LDL.

A melhor forma de consumir café

A melhor forma de consumir essa bebida é o café coado, pois o café fervido contém maiores quantidade de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, substância que favorece alterações no DNA das células e o aparecimento de câncer. Isso acontece porque a fervura do pó do café extrai mais essas substâncias cancerígenas, fazendo com que a essa bebida fervida contenha 5 vezes mais dessas substâncias do que o café coado.

Assim, o ideal é que o café seja feito coado, passando a água quente através do filtro com o pó do café, pois além das substâncias cancerígenas, o filtro também elimina a maior parte dos compostos que provocam o aumento do colesterol. Além disso, o café instantâneo também não traz riscos à saúde, podendo ser consumido em quantidades moderadas para não provocar insônia e palpitações no coração.

 

Encontre uma Universal mais perto de você. 


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Fonte: tuasaude.com 


reportar erro