Notícias | - 3:05 am


Atenção às doenças causadas por alimentos3 min read

Conheça os sintomas e previna-se

Atenção às doenças causadas por alimentos3 min read

Se você já passou por isso sabe como é desagradável ver um momento especial, como um churrasco em família, festa ou viagem, ser prejudicado por um mal-estar após o consumo de algum alimento. A intoxicação alimentar apresenta riscos à saúde e se não forem tomados os devidos cuidados com o manuseio e preparo dos alimentos, é possível que estejam sendo levados à mesa, com as refeições, organismos prejudiciais ao corpo, como vírus e bactérias.

Esses organismos são encontrados principalmente em carnes assadas ou cozidas, maioneses, doces cremosos, ovos e seus derivados e até mesmo na água. E podem se espalhar facilmente para qualquer alimento.

O biomédico Roberto Figueiredo, conhecido na mídia como Dr. Bactéria, explica que a contaminação pode ocorrer durante a manipulação, o preparo, a conservação ou o armazenamento inadequado dos alimentos. “Mas é sempre pela ingestão dos alimentos contaminados que esses micro-organismos atuam no corpo”, explica ele.

O biomédico destaca que as doenças veiculadas por alimentos (DVAs) podem ser classificadas em três tipos:

Intoxicação alimentar – ocorre quando a pessoa ingere, com o alimento, uma toxina (substância venenosa) produzida no próprio alimento por um micro-organismo. Nesse caso é a toxina quem ocasiona a intoxicação.

Infecção alimentar – acontece quando a pessoa ingere com o alimento um micro-organismo que causa a infecção.

Toxi-infecção alimentar – Nesse caso, a pessoa ingere com o alimento um micro-organismo que dentro do corpo humano produz uma toxina que ocasiona a doença.

Atenção às doenças causadas por alimentosPrincipais sintomas

Diarreia, vômitos e febre. Esses sintomas, na maioria dos casos, aparecem horas depois da ingestão do alimento, mas em algumas pessoas podem levar dias para se manifestar. A recomendação é que, nos primeiros indícios, seja feita uma boa hidratação e uso de soro caseiro (para cada litro de água fervida ou filtrada, use 1 colher de chá de sal e 6 colheres de açúcar para fazer o soro) para repor líquidos e minerais.

A intoxicação alimentar pode durar de dois a 10 dias. O Dr. Bactéria alerta para o momento de procurar um médico: “após vários quadros de diarreia e vômitos ou após a presença de sangue nas fezes ou urina, os sintomas precisam ser avaliados para que não ocorram complicações”. A atenção deve ser maior com crianças menores de 5 anos, idosos acima de 65 anos, gestantes e imunodeprimidos.

Dicas do Dr. Bactéria para o preparo e o manuseio correto de alguns alimentos:

– As frutas e verduras devem ser lavadas em água corrente e depois imergidas por 10 minutos em uma solução de 1 litro de água com 2 colheres de sopa de água sanitária.As folhas devem ser lavadas em água corrente depois imergidas por 20 minutos em uma solução de 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio em 1 litro de água – segundo o especialista, essas imersões eliminam os micro-organismos

– Não permita que os alimentos permaneçam em temperatura ambiente por mais de 2 horas

– Refrigere a menos de 4°C

– Respeite os prazos de validade

– Mantenha os alimentos aquecidos acima de 60°C

– Reaqueça os alimentos acima de 75ºC

– Não consuma ovos crus ou semicrus


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Kelly Lopes / Fotos: Fotolia 


reportar erro