Notícias | - 2:05 am


Asteroide passará “de raspão” pela Terra3 min read

Você estaria pronto caso ele colidisse com o planeta?

Asteroide passará “de raspão” pela Terra3 min read

Cinco quilômetros talvez não seja uma distância muito grande para quem precisa se deslocar de um local a outro. Como tamanho de corpo celeste, porém, esse comprimento pode representar um grande risco. Foi uma rocha de apenas 15 km, por exemplo, que extinguiu 70% das espécies existentes no planeta há 66 milhões de anos. E uma rocha dessa magnitude vai passar “de raspão” pela Terra nos próximos dias.

O corpo celeste em questão chama-se 3200 Phaeton e é classificado cientificamente como o terceiro maior “Asteroide Possivelmente Danoso” identificado. Ele se aproximará da Terra no dia 16 de dezembro, passando a apenas 10 milhões de quilômetros de nosso planeta. A distância pode parecer grande, mas é apenas 26 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

De acordo com a mais avançada agência espacial do mundo, a NASA, não há motivos para pânico, pois é muito improvável que a proximidade do Phaeton cause danos à Terra.

Se não for esse, o próximo

O choque entre o Phaeton e a Terra causaria danos provavelmente irreversíveis ao homem. Embora descartem essa hipótese, os cientistas não têm como garantir que essa colisão não acontecerá. Assim como não podem prever se haverá ou não uma colisão com o próximo asteroide que passar perto do planeta após o Phaeton.

De fato, todos concordam que, eventualmente, o mundo chegará ao fim, assim como a espécie humana. Resta saber quando.

Analisando o que está escrito na Bíblia, fica claro que grandes acontecimentos celestiais farão parte do fim do mundo.

E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua tornou-se como sangue;

E as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte.

E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares. Apocalipse 6.12-14

O bispo Renato Cardoso, responsável pelo Estudo do Apocalipse, que acontece todos os domingos, no Templo de Salomão, às 18 horas, explica que a visão do apóstolo João, escritor do Apocalipse, volta-se “para a Terra e nosso sistema solar, que passam a ser o palco das maiores catástrofes de toda a história da humanidade”.

De acordo com ele, esses eventos serão “fenômenos cósmicos envolvendo corpos celestes como o sol, a lua e as estrelas”.

João é o responsável por escrever as revelações que lhe foram dadas, mas outro Homem, Esse ainda mais sábio e conhecedor dos planos divinos, também já havia anunciado esses acontecimentos:

E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas Mateus 24.29

Essas Palavras são do próprio Senhor Jesus, sabedor do início e do fim dos tempos. “Pode soar como ficção científica, mas todos estes fenômenos já foram observados em menor escala em nosso planeta”, declara o bispo Renato Cardoso. “Já aconteceram, e vão acontecer de novo, mas em escala sem precedentes. Será o prenúncio do grande Dia do Senhor, profetizado também pelos profetas do Antigo Testamento.”

E você? Está pronto para quando esse dia chegar, seja ele 16 de dezembro ou qualquer outra data desconhecida? Participe da próxima reunião do Estudo do Apocalipse e saiba mais sobre o assunto.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Andre Batista / Imagem: Thinkstock 


reportar erro