Notícias | - 12:05 am


A necessidade da loucura da Fé5 min read

Entenda como as atitudes que surpreendem a Deus são capazes de obter dEle resultados extraordinários

A necessidade da loucura da Fé5 min read

Você ora, jejua e faz pedidos a Deus. Mas, inesperadamente, se vê diante de uma situação negativa. Sempre seguiu o que está escrito na Palavra dEle, é dizimista e ofertante, porém, está passando por um momento de injustiça do qual apenas Deus pode socorrê-lo. O que você precisa fazer? A resposta é simples: chamar a atenção dEle, materializando a sua fé de maneira que O surpreenda. Essa é a loucura da fé.

é claro que as orações, os jejuns e as correntes realizadas são suas aliadas para que conquiste aquilo que deseja, mas é a manifestação da fé extraordinária que faz com que as bênçãos consideradas impossíveis lhe sejam concedidas. Você faz a sua parte ao chamar a atenção de Deus e Ele, por sua vez, lhe responde.
Mas há um requisito que precisa ser seguido para fazer uma loucura na fé: ouvir a voz de Deus e obedecê-La. Para isso, é preciso tomar uma atitude seguindo a direção que Ele mesmo lhe deu. Dessa forma, você expressa a sua fé de maneira consciente, com a convicção de que Deus vai mesmo manifestar o seu poder.

Trata-se de um ato consciente para você, mas para quem não o pratica, é considerado insano. Por isso, o Espírito Santo, por meio do apóstolo Paulo, deixou escrito que “a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.” (1 Coríntios, 1:18).

O resultado da loucura da fé é tão certo que Deus deixou-o exemplificado em diversas passagens da história da humanidade. Moisés, por exemplo, apontou um cajado diante do Mar Vermelho para que ele se abrisse e todo o povo de Israel pudesse atravessá-lo, conforme Deus havia ordenado. Em outro momento, usou-
o para extrair água de uma rocha. Aliás, ele também foi considerado louco diante do mundo por abandonar o trono do Egito, quando era príncipe, para se sujeitar a viver a fé dos seus pais.

A necessidade da loucura da FéOutros relatos bíblicos mostram como a loucura da fé sempre esteve associada à manifestação do poder de Deus. Josué, que tinha uma fé audaciosa, ordenou que o Sol e a Lua ficassem retidos por quase um dia. Jacó lutou com um anjo, um ser celestial, para não perder uma bênção que Deus havia lhe concedido. E o que dizer do Senhor Jesus, que falou com uma figueira, lançando sobre ela uma maldição para que não mais produzisse frutos? Ou quando repreendeu ventos e tempestades? Essas atitudes, por exemplo, eram consideradas loucas por quem não vivia a mesma fé que a deles e até mesmo entre aqueles que os seguiam.

A fé sobrenatural

Todas essas atitudes “loucas” não tiveram explicações racionais para que fossem realizadas. Apenas a certeza absoluta do cumprimento das promessas de Deus.

Abraão deixou casa e família para ir a um lugar desconhecido e sacrificar seu filho, atendendo a um pedido de Deus. Ele só queria obedecê-Lo e, por isso, não ficou procurando razões para fazê-lo. Aliás, se ficasse pensando, jamais faria aquilo. A demonstração de que era capaz de fazer qualquer loucura para provar sua fé foi capaz de agradar a Deus.

No Templo de Salomão, o bispo Clodomir Santos afirmou que a loucura da fé nunca está associada a uma fé religiosa, mas a uma fé sobrenatural. “A fé natural, religiosa, é ilusória, enganosa. Ela não sustenta, não firma, não protege e tem feito muita gente ficar decepcionada por não ver resultados. Porém, a fé que vem da Palavra de Deus é a fé sobrenatural, inteligente, que sacrifica. é a que prepara a pessoa para enfrentar as tribulações e vencer”, ressaltou.

Ele destacou que Deus permite que algumas situações difíceis aconteçam justamente para que os cristãos não se apoiem na fé religiosa, mas tomem atitudes para chamar a atenção de Deus. “Quando Abraão recebeu a revelação da fé sobrenatural, foi à montanha e armou sua tenda, Deus permitiu que tivesse fome para que ele manifestasse a sua fé. Deus permite que nós enfrentemos dificuldades justamente para vencermos aquele problema e o nome dEle seja glorificado. O que Ele considera é essa fé, não os nossos motivos”, alegou.
Assim como aconteceu com Abraão e com os outros heróis bíblicos, a fé sobrenatural faz a pessoa crer que tudo o que Deus prometeu será cumprido na íntegra, independentemente das circunstâncias. Mas, para que isso aconteça, é necessário não seguir a própria vontade. “Tenha consciência: se a promessa ainda não se cumpriu é porque as condições apresentadas por Deus para o cumprimento dela ainda não foram todas atendidas por você. Deus precisa que eu faça um voto para que Ele me atenda? Não. Mas eu preciso. Por quê? Por que eu preciso obedecer. Eu preciso materializar a minha fé, prová-la, assim como está escrito que a fé sem obras é morta (Tiago, 2:20). Eu preciso obrar minha fé para ter a certeza de que o que está escrito vai se cumprir”, concluiu.

Saiba mais sobre esse e outros assuntos espirituais na Noite da Salvação, que acontece todas as quartas-feiras, na Universal. Clique aqui para consultar o endereço de uma igreja mais perto de você. Ou converse agora mesmo com um Pastor Online.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Janaina Medeiros / Fotos: Fotolia  


reportar erro