Notícias | - 12:05 am


“Samara está à beira da loucura”4 min read

Em entrevista exclusiva, a atriz Paloma Bernardi faz um balanço das maldades de Samara e fala da expectativa de atuar em uma próxima novela na Record TV

“Samara está à beira da loucura”4 min read

No início da novela A Terra Prometida, a hebreia Samara era uma jovem mimada, geniosa e briguenta. A paixão obsessiva pelo líder Josué ajudou a despertar na personagem seu lado mais sombrio. Aos poucos, ela se tornou uma mulher mentirosa, manipuladora e vingativa. Intérprete da vilã, a atriz Paloma Bernardi sugere que a trajetória de maldades da personagem é um amadurecimento às avessas. Em entrevista exclusiva à Folha Universal, ela fala sobre a satisfação de interpretar sua primeira antagonista e comemora a renovação de contrato com a Record TV. Confira os principais trechos da conversa a seguir.

Nuances do mal

Antes de se tornar a principal vilã da novela, Samara passou por algumas transformações que ajudaram a dar mais veracidade à personagem. “O texto é muito rico, então a Samara vem desde o início até agora com diversas nuances. Ao se deparar com dificuldades afetivas, ela começou a se revoltar e se tornou uma pessoa mais fria, mais calculista, impulsiva e maldosa. Ela está beirando a loucura nesta fase. A possessividade levou Samara a alimentar dentro dela um sentimento de ódio, inveja, maldade”, comenta Paloma. “Essas características podem aflorar em nós, seres humanos, se não lapidarmos nosso coração, nossa mente e não estivermos em paz com nosso espírito”, acrescenta.

Tal mãe, tal filha

Léia, interpretada pela atriz Beth Goulart, é apontada como uma das grandes influenciadoras do comportamento de Samara. “Por ter suas dores do passado, Léia criou certa dificuldade para se relacionar com Aruna (Thais Melchior) e passou isso para a Samara, então ela já odiava aquela irmã antes de perceber quem ela era.” O ódio ficou ainda mais forte quando Samara descobriu que Aruna era o grande amor de Josué (Sidney Sampaio). Em diversas cenas, Léia e Samara fizeram planos para tentar destruir o relacionamento dos dois. Paloma destaca que a história traz à tona um assunto atual. “Hoje em dia ainda encontramos muitas mães influenciando a vida das filhas de forma negativa, de forma competitiva. E muitas filhas podem ter uma vida frustrada por viverem os desejos da mãe.”

Mortes

Além de ser conivente com as armações de Samara, Léia também ensinou a filha a matar. As duas foram cúmplices no assassinato de Adara (Yaçanã Martins). As vilãs envenenaram a comida da cananeia para que não fossem delatadas por ela. Mas Léia não esperava que Samara fosse ainda mais longe. A hebreia ficou estarrecida ao descobrir que a filha planejava a morte de Yana (Luciana Braga), a verdadeira mãe de Aruna, e reprovou o plano. Antes, Samara também havia chocado Léia ao confessar que matou o noivo Abel (Edu Porto). “A partir do momento que a mãe a ensinou a matar para conseguir o que desejava, Samara criou asas para voar. E, como viu que não teria ajuda da mãe, trouxe o irmão Tobias (Raphael Viana) para ajudá-la.”

O sofrimento de Aruna

Samara não desistiu de fazer o mal mesmo após o casamento de Josué e Aruna. “Samara não se conforma de não ter conseguido seu grande amor, que é Josué, não se conforma com a felicidade de Aruna. Ela queria ser a esposa do líder dos hebreus. Então, ela não vai parar de fazer maldade porque ela quer Josué a todo custo. Se não é para ser dela, que não seja de mais ninguém”, diz. “Ela planejou a morte de Yana para fazer Aruna sofrer, é isso que ela quer”, explica Paloma.

Humor e mais maldade

Depois de ser sequestrada por engano pelos cananeus no lugar de Aruna, Samara vai ter de enfrentar novos desafios para escapar com vida do palácio do rei Adonizedeque (Mário Frias). “Apesar de ser um sequestro, os próximos capítulos serão divertidos porque ela fica indignada com os cananeus porque eles sequestraram a pessoa errada. Ela faz um escândalo para conseguir virar o jogo. O telespectador verá cenas de humor, mais maldade e mais planos para acabar com a vida de Aruna.”

Fé equivocada

Samara é hebreia e segue muitos costumes de seu povo, mas parece confusa quando o assunto é fé. “Ela acredita em Deus, mas prefere que Deus faça a vontade dela.” A atitude dela é bem diferente da adotada pela maioria dos hebreus. Será que a personagem muda até o fim da trama?

Novos planos

Paloma atribui a renovação de contrato com a Record TV ao bom resultado na telinha. “Acabei de renovar, são dois anos de contrato e estou muito feliz porque tenho certeza de que tem algo especial reservado para mim. Só não sei exatamente qual vai ser a obra. Não vejo a hora de começar a estudar uma nova personagem. é uma parceria que deu certo, uma parceria de confiança, sou grata à Record TV por ter confiado a mim uma personagem tão importante, minha primeira antagonista”, conclui. Enquanto Paloma não surge na pele de outra personagem, o público pode acompanhar as armações de Samara na novela A Terra Prometida, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 20h30, na Record TV.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Rê Campbell / Fotos: Munir Chatack 


reportar erro