Notícias | - 3:05 am


Dia do Presente promove cultura e transformação de vidas2 min read

Em sua terceira edição, ação realizada pelo grupo Filhos Universal distribuiu livros por todo o País

Dia do Presente promove cultura e transformação de vidas2 min read

Você sabia que quem tem o hábito da leitura vive mais e é mais feliz? Pesquisas divulgadas pela Universidade de Yale, nos Estados Unidos, chegaram a essa conclusão após analisar 3.635 pessoas com mais de 50 anos de idade. E não é só isso: a prática traz muitos outros benefícios, como viver novas experiências emocionais, melhorar a memória, o vocabulário, etc.

Mesmo com tantas vantagens, ainda é pequeno o número de pessoas que leem no País. O estudo “Retratos da Leitura no Brasil” revelou que a média de livros lidos por brasileiro é de 4,96 ao ano, sendo que 40% da população afirma que não lê e 30% diz não comprar livros.

Com o objetivo de mudar essa realidade, o grupo Filhos Universal foi para as ruas de todo o País, no último dia 18 de março, para promover a leitura. Foi a terceira edição do evento intitulado Dia do Presente, que já transformou a vida de muitas pessoas.

“Levamos livros para mais de 110 mil pessoas em todo o Brasil. Foi muito especial ver a reação das pessoas. Um senhor chegou a me perguntar se não era pegadinha ou piada porque ganhar presente de graça hoje em dia é raridade. A alegria e o sorriso das pessoas quando viram que era um livro me marcaram muito”, conta o mentor dos Filhos Universal, Robson Lima.

Além da leitura

Todas as obras distribuídas eram de temática cristã. “Ou seja, as pessoas foram incentivadas a alimentar a mente, a alma e o espírito. Não eram apenas presentes. Nós levamos vida para as pessoas”, conta a participante Luiza Breve.

Algumas experiências e relatos marcaram o dia. “Eu conversei com uma moça que está afastada da Universal e ela disse que está com problemas de relacionamento. Depois que ganhou o presente, ela decidiu voltar para Deus e participar da ‘Terapia do Amor’”, conta Marco Vinícius, um participante de São Paulo.

O dia foi marcante para os integrantes do grupo. “Valeu a pena todo o esforço. Fomos até mesmo em tribos indígenas levar os presentes. E, assim, terminamos o dia com a sensação de dever cumprido. Não tem dinheiro que pague os sorrisos de felicidade e gratidão”, conclui Ester Becker, participante do Maranhão.

Para saber mais sobre o grupo, acesse filhosuniversal.org.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Ana Carolina Cury / Fotos: Cedidas 


reportar erro