Notícias | - 3:05 am


“Daniel tem um olhar bondoso com a vida”5 min read

Em entrevista exclusiva, o ator Gabriel Gracindo fala sobre a sabedoria, a fé e o senso de justiça de seu personagem na novela O Rico e Lázaro

“Daniel tem um olhar bondoso com a vida”5 min read

Além de personagens fictícios, a novela O Rico e Lázaro leva à tela da Record TV a história de alguns dos grandes nomes da Bíblia. Entre eles está Daniel, profeta conhecido por sua sabedoria, senso de justiça e fé inabalável em Deus. Na trama escrita por Paula Richard, Daniel é retratado como um homem com extrema capacidade de adaptação e talento para lidar com situações de maneira leve e eficiente. Uma de suas habilidades é a capacidade de interpretar sonhos, que o levará a um papel de destaque na Babilônia.

Em entrevista exclusiva à Folha Universal, o ator Gabriel Gracindo destaca que é uma honra interpretar o profeta, seu quinto personagem em produções bíblicas da Record TV. Gracindo atuou em A História de Ester, Rei Davi, Milagres de Jesus e A Terra Prometida. “Já conheço bem este mundo. Temos que nos transportar para essa época e olhar pelos olhos das pessoas que viviam naquele tempo, é outro ritmo”, diz.

Justiça

Gracindo lembra que Daniel tem muitas facetas e circula bem em diferentes mundos. Ele revela a qualidade que mais admira em seu personagem. “O que chama muita atenção é o senso de justiça que ele tem, os olhos dele só enxergam o caminho certo.”

A novela mostra que a proteção de Deus e a sabedoria de Daniel farão com que ele mantenha sua influência na Babilônia por décadas, sobrevivendo a vários reis. Assim como na Bíblia, o personagem tem o apoio dos amigos Sadraque, Mesaque e Abednego, interpretados por Sasha Bali, Gustavo Rodrigues e Nikolas Antunes, respectivamente.

Durante a trama, o profeta viverá passagens bíblicas importantes, como a Cova dos Leões e o Banquete de Belsazar. Gracindo fala sobre a experiência de fazer a cena da interpretação do sonho de Nabucodonosor. “Quando recebi o texto, meses antes da gravação, eu já estudava e aquilo me trazia uma emoção forte, isso acabou indo para a cena.” Veja a seguir outros trechos da entrevista com Gracindo.

Folha Universal: Como você se preparou para interpretar Daniel?
Gabriel Gracindo: Primeiro, fui ter contato com as Escrituras, com o próprio livro de Daniel, fui ler e me inteirar melhor. Para o ator, também é interessante ter referências históricas externas, mas o próprio script da novela, o roteiro, o texto, já fala muito do personagem. Eu me baseei muito no que estava escrito. A relação com os amigos dele (Mesaque, Sadraque e Abednego) também é importante para a construção de Daniel.

FU: Daniel tem um papel importante na corte de Nabucodonosor, conte como ele chegou a esse lugar.
Gracindo: Historicamente, era uma característica de Nabucodonosor trazer diferentes povos para dentro do reino dele para que ele pudesse absorver essas culturas e qualidades externas e faz parte de uma estratégia política. Mas Daniel se destaca pelo fato de interpretar o sonho do rei. Nabucodosonor mataria todos os sábios do reino, entretanto Daniel se colocou acima de todos os sábios por conta de seu Deus. Acho que foi por meio da sua ligação com Deus que ele ascendeu tão rapidamente.

FU: Você tem alguma semelhança com Daniel? E alguma diferença?
Gracindo: Eu tenho essa calma de Daniel, esse olhar bondoso com a vida, com as pessoas, com os erros que as pessoas têm. Acho que tenho esa forma de olhar justa, de que todo mundo tem tanto seu lado bom como seu lado ruim também. Daniel é incapaz de qualquer tipo de fúria, mas acho que nós estamos muito sujeitos a isso. Quando você pega um engarrafamento e alguém lhe desrespeita ou quando você ouve uma besteira, vem uma coisa que não é legal e o Daniel é incapaz disso, ele sempre dá a outra face. Eu até dou, mas não sempre (risos).

FU: Ao longo da novela, Daniel conseguirá levar sua fé para a Babilônia?
Gracindo: Sim, ele vai levar essa fé para os membros da Babilônia. Às vezes, é mais difícil levar para os hebreus do que para os babilônicos. O próprio Nabucodonosor fica totalmente encantado com a força não só de Deus, mas com a fé de Daniel. E, gradualmente, haverá surpresas nesse sentido. Então, acho que Daniel conseguirá espalhar
a Palavra sim.

Daniel na Bíblia

Israelita de origem nobre, Daniel foi levado cativo de Jerusalém para a Babilônia pelo rei Nabucodonosor por volta de 600 a.C. Junto com outros jovens, ele foi educado para servir ao império babilônico. Após o período de treinamento, os jovens foram levados a Nabucodonosor. O rei fez perguntas variadas e percebeu que Daniel e seus amigos Hananias, Misael e Azarias sabiam dez vezes mais do que os sacerdotes e magos do reino. Por isso, os quatro foram escolhidos para servir o soberano no palácio.

O profeta Daniel ganhou reputação após revelar e interpretar um sonho de Nabucodonosor, que incluía a destruição do reino. “Então foi revelado o mistério a Daniel numa visão de noite; então Daniel louvou o Deus do céu.” (Daniel 2: 16-19). Ele contou todos os detalhes do sonho e o rei, impressionado com o que ouviu, honrou a Deus e recompensou Daniel. O profeta se tornou governador de toda a província da Babilônia e o principal governador de todos os sábios.

Já no reinado de Dario da Babilônia, Daniel saiu ileso após ser jogado na cova dos leões. “O meu Deus enviou o seu anjo, e fechou a boca dos leões, para que não me fizessem dano, porque foi achada em mim inocência diante dele; e também contra ti, ó rei, não tenho cometido delito algum.” (Daniel 6:22).

A novela O Rico e Lázaro vai ao ar de segunda a sexta, às 20h, na Record TV.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Rê Campbell / Fotos: Munir Chatack 


reportar erro