Notícias | - 3:00 am


Como você se prepara para jogar o bom e velho futebol?3 min read

A atividade, tão praticada entre os homens, pode ser benéfica ou não para a saúde

Como você se prepara para jogar o bom e velho futebol?3 min read

Todos sabem que, fora do trabalho, o homem precisa de uma atividade física que o ajude a manter a saúde em dia e a mente longe dos problemas do cotidiano. Algo que o auxilie na prevenção das doenças e favoreça uma vida mais saudável e que, ao mesmo tempo, seja prazeroso e divertido. é aquele momento particular em que, muitas vezes, o homem interage com os amigos. O futebol, entre outros esportes, tem esse poder.

E no Brasil inteiro, nas quadras de praças ou de condomínios, nos campos de terra batida, de várzea ou de grama artificial, ou na beira da praia, a paixão pela bola é celebrada cada vez que as pessoas se juntam para jogar uma “pelada” de forma despretensiosa em suas horas de lazer.

O mais querido

Mas parece que essa paixão nacional tem diminuído há algum tempo. Uma pesquisa realizada em 2014 pela Universidade de São Paulo (USP) mostrou que outras modalidades esportivas cresceram no gosto popular quando se trata do lazer saudável. O futebol deixou de ser o esporte predileto (caiu de 9,1% para 7,2%). Tornou-se a terceira modalidade mais praticada. A musculação/ginástica pulou de 7,9% para 11,2% e subiu para a segunda colocação. O esporte mais querido agora é a caminhada, com cerca de 18% de preferência.

Consciência saudável

E não é por acaso que isso acontece. Ao que parece, muitos homens passaram a ter uma consciência maior em relação à manutenção da saúde e buscaram outras atividades físicas, como a caminhada, a musculação e a própria ginástica. Por outro lado, uma grande parcela ainda prefere bater uma bola com os amigos. O lado ruim da história é que nem tudo no futebol é benéfico.

Dois lados

Quando praticado duas vezes ou mais por semana, ele auxilia na regularização dos níveis de pressão arterial e diminui os riscos de doenças do coração nos sedentários. Mas, se os ganhos no preparo físico, na força muscular, na resistência e na explosão fazem do futebol um exercício muito eficiente para o nosso coração, para quem não está preparado para praticar um esporte tão vigoroso e competitivo – e aí falamos de preparação física mais do que de técnica – ele pode ser prejudicial.

Condições

Quem está acima do peso, com pressão alta, diabetes e colesterol alterados corre riscos cardiovasculares que podem ser até fatais. Outro detalhe é que a falta de preparação muscular para suportar os impactos desse esporte pode trazer lesões nos joelhos e tornozelos, além de graves distensões musculares.

Olho vivo

Se você está decidido a cuidar da sua saúde e ficou muito tempo sem praticar nenhuma atividade física, não adianta sair correndo para jogar futebol com os amigos uma vez por semana e achar que isso será bom. Não. Como é um esporte em que podem ocorrer muitas lesões que estão ligadas ao sedentarismo e à falta de preparação física, nessas condições, o futebol acaba trazendo mais prejuízos do que benefícios.

Sem prejuízos

Não pense que por isso você tem que necessariamente desistir dele. Antes de bater sua bolinha, vá ao médico e faça uma avaliação para saber que hábitos você tem de modificar para se exercitar e melhorar a sua saúde por completo sem que tenha prejuízos.

Lute por inteiro

O veículo do corpo é a saúde. O veículo da alma são os sentimentos. O veículo do espírito é a fé. O veículo da mente é a inteligência. Saúde. Amor. Fé. Inteligência. Soa como uma vida completa, não é mesmo? Eis aí o porquê de muitas pessoas não vencerem na vida. Uma parte delas ainda não entrou na luta. Sucesso e felicidade dependem da participação destas quatro partes de você. Quer saber mais a respeito? Clique aqui e entenda.

 


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Eduardo Prestes / Fotos: Fotolia 


reportar erro